Devaneios tolos... a me torturar.

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Existem provas de amor. Não existe o amor... (Titãs)


Oi geeente!

Queridos homens, hoje quero conversar com vocês, francamente.
Talvez nenhuma mulher tenha admitido (porque admitir falhas não faz parte dos nossos hábitos), mas a maioria de nós, nasce com um grave defeito de fábrica. Nos achamos o máximo.
Talvez este pequeno defeito seja a razão do imenso sofrimento de vocês, pesarosos homens. Permitam que me explique.

Nós que somos incríveis, não podemos admitir que vocês troquem nossos papos inteligentes pelas conversas de pouco intelecto que pautam as mesas dos bares e restaurantes, onde reúnem-se os homens. Não conseguimos acreditar que vocês troquem a companhia de pessoas sensíveis, que fazem charme mexendo no cabelo, ou sorrindo languidamente, por seres brutos que palitam os dentes, deixando o pobre roliço da marca Gina, depositado por horas no canto da boca.

Não entendemos como é possível que nos dispensem, em uma sessão cinema em casa, abraçadinhos no sofá, por um corpo a corpo cheio de suor e coxas, na peladinha do sábado à tarde.
Por sermos criaturas tão perfeitas, merecemos suas atenções 24 horas por dia. Ligações, SMSs, e claro, mensagens no facebook. Queremos que curtam nossas postagens românticas e enigmáticas, e não a piada horrenda do Carlão. 

Se passamos horas nas lojas e nos corredores dos shoppings é para que vocês percebam nosso bom gosto e estilo, e se o cartão de crédito não lhes permitir gastos exorbitantes conosco, o mínimo que vocês podem fazer é comprar um lenço, um acessório ou um livro para demonstrar a devoção que merecemos.

Nos entediamos com facilidade, e na nossa opinião, é dever de vocês perceberem nosso tédio e proporem viagens, jantares, cruzeiros transatlânticos ou uma aventura no deserto do Atacama. Se nós mulheres conseguimos ser tão brilhantes e criativas, porque o máximo que vocês conseguem é sugerir uma picanha na churrasqueira da sacada do apartamento? (- Muié, enquanto eu espeto a carne, traz uma gelada?)

Eu sei, vocês estão pensando: as mulheres estão ficando insuportáveis. Queridos, na verdade sempre fomos, mas antes não tínhamos como nos sustentar sozinhas, então aguentávamos o vosso ronco, vossos amigos tomando cerveja em nossos sofás e vossos programas sem nossa companhia.
Sim, nós mulheres sofremos de egocentrismo agudo. Na verdade, deveríamos casar com gays. Gays reparam em nossos cabelos, palpitam sobre coloração, sugerem alisamento, percebem quando o corte da roupa não nos favorece, e nos ajudam na dieta, pois sabem: embarangou, tá perdida.
Não precisaríamos dar a desculpa que estamos com dor de cabeça para nossos maridos gays, porque eles não iriam nos importunar enquanto queremos assistir nossa novela, ou ler o sétimo livro de Games of Thrones. 

Toda a mulher deveria ser muito feliz casada com um gay. Deveria ser. Mas não seria. Porque no fundo, no fundo, o que move a felina mulher é o prazer da caça e tentativa de submissão de seu macho alfa. O lance é tentar provar até morte, que ela é muito mais interessante que a partida de futebol, que o acampamento, que a pescaria, que a cerveja e que o costelão.
Ora, se o mundo gira em torno de nossos umbigos, o homem também deveria girar. E nesse ponto trocamos os pés pelas mãos. Na ânsia de desentortar o torto homem.

Tanto enchemos o saco, que acabamos fazendo com que o esgotado homem nos aplique um belo chute no traseiro.
E ainda assim, nos mulheres, chutadas por justa causa, saímos feito cachorrinhas de madame depois do petshop: de cabelo lindo, escovado e rabinho balançado.

E ainda temos o desplante de pronunciar em alto e bom tom:
Aquele homem não me merecia!
(Por nós mulheres, cada dia mais independentes, misteriosas, lindas e insuportáveis, pedimos: Senhor, rogai por nós!)

Beijos, seus lindos!

9 comentários:

  1. hahahah achei fantástico..e Senhor rogai por nós..SEMPRE!!!hehe

    ResponderExcluir
  2. queima jeovah, essa mulé ta doidja!

    ResponderExcluir
  3. Gerra dos sexos!

    "A mulher mais idiota pode dominar um sábio. Mas é preciso uma mulher extremamente sábia para dominar um idiota."

    Rudyard Kipling

    Te cuida mas não te comporta.
    Bj


    ResponderExcluir
  4. :) Paulo deve ser seguidor da Irmã Zuleide. haha

    ResponderExcluir
  5. Mulheres...vai entender!

    “Terminei com o Júnior. A gente se entendia superlegal, gostava das mesmas coisas, tinha tesão um no outro, se tratava com carinho, detestava o cinema iraniano… mas faltava conflito, entende?”

    Radiacal Chic

    Dick Vigarista

    ResponderExcluir
  6. Oração para arrumar namorado:

    São Baltazar, eu quero casar.


    São Benedito, com um rapaz bonito.


    São Benevolente, que seja decente.


    São Luiz, que me faça feliz.


    São Manoel, que seja fiel.


    São Edmundo, que não seja de todo mundo.


    São Tiago, que não seja viado.


    São Irineu, que ele seja só meu.


    São Virtuoso, que ele seja gostoso.


    São Raimundo, que não seja imundo.


    São Benjamim, que ele goste de mim.


    São Vicente, que ele seja quente.


    Santa Guiomar, que ele saiba me amar.


    São Pedro, que ele me ame sem medo.


    São Gabriel, que ele seja doce como mel.


    São Simão, que ele não seja um bundão.


    São Malaquias, que ele me ame todos os dias.


    Santo Agostinho, que ele faça direitinho.


    São José, que "ele" esteja sempre de pé.


    São Nicolau, que seja grande seu........................Coração!

    Dick Vigarista

    ResponderExcluir