Devaneios tolos... a me torturar.

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Eu vejo flores em você!


Eu vejo flores em você!!!

Oi geeente! Nós, habitantes guaporenses descendentes da espécie boca grande (já que adoramos falar do alheio e nos queixarmos), seguidamente reclamamos do clima, do frio, da chuva, do calor, do sol, do vento, da umidade... de tudo.

Mas a verdade é que somos privilegiados por termos a oportunidade de vivenciarmos as quatro estações. Assim temos a impressão de que sempre podemos recomeçar. É assim que me sinto nesta época do ano. Recomeçando.

Sinto o cheiro das flores, o sol parece ficar mais luminoso, as gostosas da cidade voltam a desfilar seus mondongos pela Sílvio Sanson, os barzinhos e calçadas ficam cheios... e que bom, Guaporé renasce.

Nós também queremos ficar com a aparência da nova estação! Fui no Salão da Mary e fiz uns banhos para tirar o branco da pele, já que me sinto com aparência de doente no inverno. Não gosto de torrar no sol, porque sempre fico vermelha feito camarão e cheia de manchinhas que uma vez chamávamos “belezas” e agora sabemos bem que de belas elas não tem nada. Por isso, prefiro alguns banhos artificiais por ano, que vão dando cor gradativamente e não me deixam vermelha, com a segurança de cumprir regras de saúde e nunca exagerar, evitando assim o aparecimento de câncer de pele e o envelhecimento precoce.

Uma cor mais saudável não é luxo, é sensação de bem estar!

Também voltei a caminhar, não porque quero emagrecer ou virar a miss gostosa guaporense 2010. Quero respirar. Parece que quando o ar da primavera entra nos pulmões, a gente se sente pronta para mais um ano.

Renasço no verão. Repouso no inverno. Muitas pessoas se sentem assim e agradecem por ter a oportunidade de mudar conforme o clima. Há aqueles que não mudam nunca. Mas tadinhos, não se dão conta de que na vida, nada dura para sempre.

Então vamos aprender a respirar a nova estação e fazer dela uma oportunidade para sermos melhores. E viva Guaporé no verão, com todas as peculiaridades e as barbaridades que só as ruas ao redor da Praça conseguem registrar!
Mudando de assunto...

Esse texto abaixo escrevo para uma leitora, que outro dia me mandou e-mail dizendo que tinha desistido de lutar pelo “homem da sua vida” e se sentia derrotada. Queridíssima... se ele fosse o homem da sua vida, estaria com você! Quem não nos ama, não pode ser nosso destino. Procure melhor, hein! De repente o seu amor verdadeiro está te esperando bem pertinho...
Desista, mas de cabeça erguida...
Na contra mão das frases feitas que afirmam que “quem acredita sempre alcança”, “desistir não é nobre”, e outras tantas filosofias que nos obrigam praticamente a não desistir JAMAIS... a vida mostra que chega uma hora em que é preciso desistir, sim.

Não falo em desistir na primeira tentativa, desanimar no primeiro obstáculo. Estou falando em não insistir quando realmente não dá mais.

A maior parte das pessoas não entende a sutil diferença entre lutar pelo que se quer e se tornar desagradável, burro ou teimoso. Principalmente no amor, mas também no trabalho e na vida, as pessoas não sabem a hora de parar.

Se ele já percebeu que não ia dar certo e te falou isso com todas as letras, ou se não corresponde a suas expectativas e necessidades, por favor, parta para outra. Mas de coração aberto. Não fique inventado desculpas para um encontro, enviando presentes, ligando na madrugada, aparecendo nos lugares em ele costuma ir. Isso não faz ninguém amar ninguém.

Se você quer ser médico e nos últimos 10 anos não passou no vestibular, que tal deixar o cursinho de lado e encontrar um outro trabalho que te dê prazer, ao invés de se achar o eterno médico fracassado?

Se você se esforça para ser o melhor, dedica-se de corpo e alma, e há anos não consegue agradar seu chefe, conquistar a promoção sonhada ou o aumento salarial, que tal se dar conta de que talvez a empresa não te mereça, e cair fora?

Às vezes a teimosia traz a conquista, mas a que preço?

Acredite, essas conquistas na marra, vão trazer mais infelicidade do que alegrias. Tem uma frase que diz: Cuidado com o que deseja... você pode conseguir.

Porque é feio desistir? Porque é humilhante reconhecer que perdemos? Porque estamos alimentando os egos e fazendo com que as pessoas pensem que são tão incríveis que não podem receber um não?

Na minha infância me ensinaram que receber um não era educativo. E que era correto saber aceita-lo.

Por favor!!!! Desistam de mim se não dou amor, atenção, carinho ou o respeito que vocês merecem. E eu prometo desistir sem mágoa daqueles que não podem correspondem às minhas expectativas.

Acreditem, é possível desistir de cabeça erguida.
“Em toda a vida, nunca me esforcei por ganhar nem me espantei por perder. A noção ou o sentimento da transitoriedade de tudo é o fundamento mesmo da minha personalidade.”
Cecília Meireles
(...) farei o possível para não amar demais as pessoas, sobretudo por causa das pessoas. Às vezes o amor que se dá pesa, quase como uma responsabilidade na pessoa que o recebe. Eu tenho essa tendência geral para exagerar, e resolvi tentar não exigir dos outros senão o mínimo. É uma forma de paz...
Clarice Lispector

Geeente!!! Vocês estão pensando na fantasia que vão usar no Clube dia 14 de novembro? A festa mais divertida da cidade está se aproximando e a cada ano a criatividade dos guaporenses me surpreende!

Sebben: semana que vem eu informo o nome do vencedor da promoção da Joalheria e Óptica Sebben aqui na coluna. Já entreguei para o Rodolfo o nome de todos os que participaram e o sorteio vai ser feito na loja. Obrigado a todos que escreveram e deixaram suas opiniões registradas. Agora, na Joalheira e Óptica Sebben, as promoções continuam! Na compra do óculos de grau você ganha um relógio Mondaine!!! Obaaaaaaaaaa! Ah... no espaço para a moda, dá uma olhadinha nas dicas de óculos de sol!

Fico por aqui... semana que vem tem mais! Escrevam para:
michele@tl.com.br

Mural de Recados:

Geeeente! Participei de uma festa na última sexta... com direito a GO GO BOYS e tuuuudo! Os gatinhos contratados para a alegria das mocinhas, literalmente nos fizeram dar piruetas no ar! Agradeço o convite da mocinha que nos proporcionou uma noite espetacular, e também mandar um beijo a todas as outras mocinhas que dançaram até o chão na festa, sob supervisão atenta dos maridos e namorados, claro (eles também foram convidados!). Uma noite memorável, mas a melhor parte não é publicável... hahaha

Beijooo! Para a Cristiane Bortolini! Amadaaa! Que Deus te abençoe e ilumine e te devolva em dobro os desejos a esta “colonista” destrambelhada! Obrigado por escrever!

O Dani prestou muita atenção nas dicas da coluna da semana passada... Mas a Débora me garantiu que ele não usa nenhum dos acessórios citados na ocasião... UFAAAAAAAAAA!

Frase da Letícia Antunes, para todos nós: Faça tudo hoje, pois a única coisa que deixarás aqui, será a lembrança das coisas boas e ótimas que fizestes! O amanhã é incerto demais...

Entenderam? Beijossss


PAZ NO TRÂNSITO É O QUE QUEREMOS! Neste domingo, dia 1° de novembro, às 16 horas esperamos todos os guaporenses em uma caminhada pela vida! Participe!


Dica de Moda:

Gente, agora a palavra da moda é “NUDE”! Isso mesmo. Não, nada de andar pelado por aí. Nude é uma tendência que chega com tudo para esta estação. É o destaque para o natural. Apostas em cores como areia, marrom claro, bege, gelo e cores que se aproximam mesmo do tom da pele da pessoa. Na maquiagem vale o mesmo: acobreados, lábios foscos sem cores chamativas, aparência saudável de uma pele bronzeada, com sobriedade nas sombras desde o marrom até a cor gelo. Nas roupas, se você é branquinha, abuse do nude com acessórios colorindo o visual. Quebre a sobriedade com um cinto colorido, um sapato destacado ou um colar chamativo.
Os óculos de sol nude são aqueles que tem a armação clara, praticamente cor de pele, ou marrom clarinho com lentes em dregadê. Este tipo de óculos de sol cai bem para uma produção romântica ou para um contraponto com roupas mais sexies.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

E eu não conto pra ninguém...


Inconfessáveis - Silmara Franco


Quem é que admite? Passar um dia inteiro sem tomar banho, só porque não deu vontade de entrar no chuveiro. Enfiar o dedo no nariz quando o lenço de papel não dá conta. Ver quem é no telefone e não atender, de propósito. Espiar o armário do banheiro na casa dos outros. Ter vontade de mandar a vizinha hipocondríaca caçar sapo com bodoque.


Quem confessa? Querer, por trinta minutos, que o meio-ambiente se dane: você precisa daquele banho comprido. Pensar imediatamente numa piadinha quando alguém conta uma tragédia. Ver o preço na etiqueta maior do que o lançado no caixa, e ficar bem quietinha. Arrotar livremente quando está sozinha. Encolher a barriga quando está acompanhada. Abaixar o som da TV para ouvir melhor a briga dos vizinhos. Não saber onde fica o óleo do carro. Torcer para o funcionário pedir as contas e sumir da sua vida. Já ter pensado os piores pensamentos, justamente com as pessoas que você mais ama.


Quem assume? Escrever o próprio nome no Google para ver o que vem. Abrir a geladeira e beber o refrigerante no gargalo quando não tem ninguém olhando. Ter dificuldade para localizar o Quênia no mapa-múndi, assim, de primeira. Fazer a barra da calça com Durex. Nunca ter assistido Casablanca e achar aqueles dois uns chatos de galochas. Fingir que está dormindo. Fingir que entendeu a piada. Comer todos os Danoninhos de uma vez só. Procrastinar até o último instante possível. Sentir inveja dos casais que saem sozinhos à noite. E, apesar de amar incondicionalmente seus filhos e não saber mais viver sem eles, ter uma certa saudade de quando você ainda não os tinha.


Juntos, os segredos – bobinhos, significativos – pesam. Exigem portas, gavetas e chaves extras na alma. Mas vários podem se tornar públicos, sem tantos receios.


Já outros... está certo: nem que a vaca tussa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Só é amor se te der asas...


Você pode conquistar muitas coisas com ameaças e pressões.
Pode chegar até onde quer chegar. Ter ao seu lado quem quiser ter.
Mas privando o outro de ser quem é, de agir com liberdade e de tomar suas próprias decisões, andará de mãos dadas com a insegurança, não com o amor.
No final, terá possuído algo que na verdade, seu coração sabe que nunca foi seu. E que ao primeiro vão de uma janela aberta, voará para longe.
Não deixe que ninguém mude por você. Não mude para agradar ninguém.
É preciso que, por amor, as pessoas mudem por si mesmas.
Todo verdadeiro amor é filho da liberdade...

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Só me falta-me o glamour!!!!


Amados meus! O verão chegou e é a estação das maiores aberrações possíveis e imagináveis na MODA! Sim meus lindos, não vou negar que às vezes, não tem como NÃO reparar no que as pessoas estão usando.

Não fico observando se a pessoa usa marcas famosas, se a pessoa desfila sempre com novos modelitos por aí, ou se a pessoa gasta horrores nas lojas. Não sou disso. Mas adoro admirar as pessoas de bom gosto e com estilo. E isso, depende da criatividade, muito mais do que do dinheiro.

Então, como muita gente não sabe como se vestir, pelo menos que saibam como NÃO se vestir.

O Edi Postal, meu consultor de moda do coração, me mandou esse texto, e eu não posso deixar de dividir com meus leitores esses sábios conselhos!

O QUE NÃO USAR!
Algumas coisas que as mulheres devem saber que são tristes de usar...Com isso, e pela importância que dou ao sexo feminino, decidi fazer uma pequena listinha de coisas que simplesmente algumas mulheres deveriam repensar antes de usar (caso uma mera opinião masculina importe).



É triste mulher que usa:
1- Esmalte com uma florzinha (ou estrelinha) em uma das unhas combinado com a outra mão (no pé já é caso de internação).
2- Salto de acrílico (a não ser que vá fazer um filme pornô ou agradar o namorado fetichista).
3- Meia-calça cor da pele, tipo Kendall para o inverno (a não ser que tenha mais de setenta anos ou use debaixo da calça em caso de frio extremo). Em hipótese nenhuma deve ser usada com saia e sandália aberta.
4- Calça justa demais, que aperte as partes íntimas (fica parecendo uma pata de camelo). Gente, aqui preciso abrir um parêntese, porque acho que umas gatas da cidade devem viver com infecção urinária de tanto de apertam a bonita nas calças jeans! Socorroooooo!
5- Descolorir os (muitos) pelos da barriga, o famoso 'caminho da felicidade'. Melhor depilar, caso contrário, procure um namorado que tenha colocado blondor no bigodinho. Farão um lindo par.
6- Unha do pé grande, maior do que onde termina o dedo, além de ficar muito feio pode ser um perigo fazendo 'carinho' com o pé, no marido ou namorado. Se estiver solteira, vá à praia de meia.
7- Calça jeans com muitas aplicações (rosas coloridas, tachas, strass, etc.). Tudo em exagero polui o visual e esse tipo de calça tem muita informação. Usada junto com o item 2 é uma das piores composições. Se pretende sacanear algum namorado (ou ex), chame-o para jantar ou dançar, e vá assim.
8- Calça legging com tamanco de madeira. Se você não estiver numa refilmagem de 'Grease nos tempos da brilhantina', use outra maneira de chamar a atenção. Há outras (e muito melhores) maneiras de um cara te achar gostosa.

O que os homens nunca deveriam usar - ou ter usado:

1- O trio mais famoso do que o do McDonalds: pochete, bermuda jeans e sandália papete. Se vier acompanhado do celular (na capinha) na cintura então... É caso para fingir que não conhece.
2- Blazer com gola rolê por dentro. (Dispensa comentários.)
3- Sapato social de 'franjinha' (aquele detalhe de penduricalho em cima). Se for curto a ponto de aparecer a meia branca por baixo, a coisa beira a piedade. Esse tipo fica ótimo num dublador de Michael Jackson cantando 'Billie Jean' no palco da Psy.
4- Calça de cintura alta, a chamada 'Saintropeito'. Cuidado com os testículos! Eles não têm culpa se você se veste mal. Gerentes de churrascaria rodízio costumam adotar esse visual acompanhado de uma vistosa camisa vermelha de seda javanesa.
5- Essa vai doer em muito 'Maurício' mas é a minha opinião: Casaquinho de lã jogado nas costas e amarrado na frente. Esse visual geralmente vem acompanhado de um cabelo arrumado pela mamãe a 'La Roberto Justus'. Tem solução, mas tem que ser mudado ainda na infância ou no máximo adolescência. Depois fica difícil.
6- Unha suja (e sem cortar). Se você não for o mecânico Pascoal da novela 'Belíssima', pode ter certeza que brochará sua namorada ou pretendente. Caso seja bonito como o Gianechinni, ela será somente um pouco mais tolerante, entretanto, irá pedir para limpá-las assim que acabar a noite de fetiche com um desleixado. Não esqueça também de aparecer aqueles pelinhos horríveis que por ventura saiam do nariz ou da orelha - em nome da higiene, please!!!!
7- Base incolor na unha. Triste amigo. Só limpar e cortar já é suficiente. Cuidado se tem esse hábito, pois daqui a pouco estará pedindo 'francesinha' no salão.
8- Fazer sobrancelha. Se for tirar um fio maior, ok. Agora, se for limpar e afinar nas extremidades, é melhor tomar cuidado. Daí para usar rímel e delineador é um pulo.
9- Cueca furadinha tipo antiga Adams. Amigo, por favor, treine tirar a calça puxando a cueca junto. Nenhuma mulher no mundo aguenta esse choque visual. Se ela vir a sua cueca é provável que você fique na mão. LITERALMENTE!

Dizem que este texto é do Arnaldo Jabor.

Mudando de assunto...

Eu amei!!!! O filme e o livro “O Menino do Pijama Listrado”. O ator principal tem olhos que falam por ele. E a história, que retrata o período do nazismo, é uma verdadeira lição de vida. Eu sempre acreditei que a vida é um círculo, e tudo o que fizemos acaba voltando para nós mesmos. Assista ou leia essa história, e depois você vem me dizer se não tenho razão.

Foi emocionante!!! O Baile de Debutantes! Foi muito chique, lindo, diferente, um evento que, espero, tenha voltado para ficar. Um beijo especial para as cinco princesas lindas: Bruna, Carol, Chana, Vic e Sabrina, extensivo a seus pais, que nos proporcionaram uma noite memorável!

A promoção da Joalheria e Óptica Sebben está chegando ao fim, então, você ainda tem UMA semana para participar! Escreva para michele@tl.com.br e deixe sua opinião sobre nossa linda, amada, idolatrada, salve, salve Guaporé! No início de novembro acontece o sorteio das lentes coloridas, pra você ver nossa cidade com outros olhos!
Ah... muito legal! Se você é meio cegueta, como eu, você pode colocar lentes de grau no seu óculos de sol! É simples, o Rodolfo pega a armação que você escolheu e manda trocar a lente!
Vamos então a mais uma participação:

“Oi Michele! Acho legal a coluna, divertida! Mas sabe o que acho que falta em Guaporé? Homem de verdade! Esses caras que ficam se achando o máximo, só pensam em farra e não levam as mulheres a sério, um dia vão acabar velhos e sozinhos e com os pés bem gelados no inverno.”

Ui!!! Credo, se essa praga pega! Hahahaha

Beijos gente! A moça em questão, revoltada com os homens se chama Camila.

Camila, amada! Abre uma Skol!

Beijos!
Escrevam para essa criatura que escreve essa coluna: michele@tl.com.br
E meu lema: “Quanto pior, melhor”, então pode soltar o verbo. Mas só o verbo!

domingo, 18 de outubro de 2009

Fadas e Bruxas


...As mulheres possuem asas, por isso as chamo de fadas, porque encantam, porque sempre vão além, porque são belas. Mas são bruxas também, voam de dia, enfeitiçam de noite, são ciganas, não têm raiz, espalham suas sementes por terras, seu perfume pelos ares, espalham seu amor pelo mundo, são provocantemente únicas, dançam, cantam enquanto arrumam a casa, celebram pequenos detalhes, admiram a lua. Elas se dividem, elas possuem muitas mulheres dentro delas. E é preciso conhecer e aceitar cada uma. Uma mulher que se conhece e se permite vai em busca do prazer completo, do amor ilimitado, da paixão que cruzou seu caminho... Uma mulher que se permite, ousa, arrisca e acredita. Vai em busca de sua natureza, de sua essência. Ela busca o verdadeiro. Justificando assim sua existência...

.

Carolina Salcides

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Ninguém é igual a ninguém...



O francês Jacques Lacan (1901-1981) foi um dos maiores psicanalistas depois de Freud. Criador da chamada Escola Estruturalista, exerce hoje profunda influência nos círculos psicanalíticos. É de sua autoria a frase abaixo:

"... o que deve ser perguntado é o que quer uma mulher, em vez do que quer a mulher, uma vez que ela deve ser examinada e ouvida uma a uma".

Numa época de ampla divulgação publicitária de esteriótipos femininos, é sempre bom ter este lembrete à mesa.


* Do Blog "Caderno de casa", do Dr. Luis Fernando de Campos Velho.

BEM LEMBRADO!!!

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

O que revela você?


Quando escrevo me sinto nua.
Ai meu Deus!!!
São as palavras que me despem.
Uma a uma, elas saltam para o papel...
E me revelam...

Já não posso esconder nada de mim mesma.

Liberta-me de nós...


Hoje eu fiz de novo.

Um vício.

Tinha prometido, jurado, feito promessa.

Tinha amaldiçoado.

Disse que odiava.

Que não queria nunca mais.

Mas hoje eu fiz de novo.

Me rendi de novo.

Me entreguei de novo.

Fraquejei.

Tem sido assim.

Há longos anos. Tem sido assim.

Um vício já é uma doença. Um vício a dois se torna uma maldição.

E o pior, é que no fundo, não consigo convencer nem a mim mesmo dessa verdade.
Por favor, liberta-me de nós.


* Relacionamentos doentios dificilmente são curados a sós. É preciso muito mais força de vontade. É preciso amar mais a si do que ao outro. E estamos cada vez mais vazios de amor próprio.

sexta-feira, 9 de outubro de 2009


Oi geeeente!!! Vou debutar dia 10 de outubro. Sim amados e amadas... ao invés de dar uma volta pelo salão do clube, vou dar duas voltas... uma para cada 15 anos.

Confesso que, eu, particularmente, achei que nunca mais veríamos na sociedade local um Baile de Debutantes.

Pensei que as meninas haviam mudado e que não queriam mais saber de príncipes encantados e contos de fadas. Me enganei feio.

Contesto a teoria da evolução de Darwin e digo uma para vocês: as mulheres não mudam nunca. Não no íntimo.

Não venha você me dizer que as meninas de hoje, aos 15 anos dão aula às de 30. Que são mais conhecidas que feijão em mesa de pobre e que já perderam a inocência há muito tempo.

Tenho que discordar redondamente. Meninas de 15 anos com famílias estruturadas, com valores, com personalidade, ainda são as mesmas de sempre, talvez um pouco mais amadurecidas.

Sempre houve, e sempre haverá “o outro tipo”... Aquelas que desde que sentam e conseguem alcançar o pé no chão na cadeira saem por aí abanando as tranças. E seguem abanando as tranças e “otras cositas más” a vida toda. Tudo bem. Mas não vamos generalizar.

No fundo no fundo, somos eternas meninas sonhadoras. Nossas mães leram demais as histórias de cinderelas e rapunzéis e nós, a vida toda esperamos pelo conto de fadas, pelo príncipe e pelo “e foram felizes para sempre”.

Algumas de nós vivem frustradas, porque a vida não é bem assim. Outras conseguem perceber que o conto de fadas precisa ser bem interpretado e que o príncipe encantado é mesmo aquele barrigudinho, careca e que gosta de uma cervejinha no final da tarde. Tudo bem. Você não tem o Brad Pitt, mas também não é nenhuma Angelina Jolie.

Mas voltando ao Baile de Debut... sim, ele ressurgiu das cinzas. Não é a volta de uma tradição cafona ou superada. As meninas de 15 anos de Guaporé e suas famílias, nestes últimos anos, estão resgatando a celebração de uma passagem das mais importantes da vida: a transformação da menina, na mulher.

Festas de 15 anos deslumbrantes para as nossas cinderelas tem marcado a comunidade. Foram várias nos últimos tempos, a última, da Luisa foi um sonho!

E agora as cinco debutantes de 2009....

Elas são lindas, já são maduras e tem personalidade. Tem metas traçadas para a vida, alicerçadas em estudo, em futuras profissões. Sabem que o mundo não é a terra do nunca, onde se é eternamente criança. Mas nem por isso deixaram de cultivar sonhos, magia, encanto e amor.

Sem um pouquinho de sonho, sem um pouquinho de fantasia, sem um pouquinho de inocência, o que seria de nós?

Que bom que essas leoas, que são as mães dessas meninas, conseguiram manter essa chama acesa no coração delas e que elas possam realizar esse lindo sonho de marcar para sempre as comemorações de 15 anos.

Que à partir desse acontecimento, possamos resgatar de verdade as celebrações que sempre foram tão importantes, e que para muitas pessoas estão perdendo o sentido: o Natal e as famílias reunidas. O Fim de Ano e a oportunidade de recomeçarmos de forma diferente. O casamento e o compromisso de formarmos uma família alicerçada no amor... e assim por diante.

Cada um firma esses compromissos e celebra essas passagens da forma que achar correta e verdadeira. Não falo que a comemoração formal, ou o compromisso formal sejam as soluções. Falo que é necessário o comprometimento de coração, o entusiasmo e a consciência de que as mudanças acontecem, quer queiramos ou não, e precisam marcar nossa vida. Precisam ser celebradas. Para que não fiquemos eternamente parados, física e emocionalmente. Para que possamos romper barreiras e evoluir. Caminhar, seguir em frente, sempre. Para que no final, tenhamos fotos e recordações de momentos importantes. Momentos, que fizeram toda, toda a diferença.

Se a felicidade é feita de momentos, então precisamos fazer com que esses momentos sejam mesmo, MARCANTES!

E viva as debutantes! E seus pais, porque meu povo, minha pova... vou dizer que os custos deste baile são enoooormes.

Mas mudando e não mudando de assunto...

Se você se queixa que em Guaporé quase não acontece nada social ou cultural, neste sábado não tem desculpa para ficar em casa! Nós teremos, além do Baile de Debutantes, a Noite Italiana e o Circuito Universitário.

A Noite Italiana, que acontece na linha 2ª São Pedro se resume no seguinte: Você come todas as delícias da culinária italiana até ficar com a barriga de uma jibóia quando engole um terneiro. Aí você fica lá tomando um vinhóto, enquanto quem conseguiu se conter um pouco na comida, dança a noite toda. Ações culturais fazem parte do evento, mas a principal atração é mesmo a mesa farta, típica dos italianos! Delíciaaaa!

O circuito Universitário é pra toda a galera. Vai ter sertanejo universitário com diversas duplas cantando e animando a noite. Mega estrutura de som e iluminação no Autódromo de Guaporé. Mesa com camarotes Vips. E após a choradeira sertaneja ( no bom sentido, claro, porque todo mundo canta apaixonado uma modinha sertaneja) então entra o DJ Matheus Toniollo. Te programa e vai curtir o sábado!

Sua opinião...
Gente... a promoção da Joalheria e Óptica Sebben que está sorteando lentes de contato coloridas encerra em outubro. Mesmo que seu texto ainda não tenha sido publicado, seu nome está concorrendo, ok? A Renaty Molinaro é a leitora que participa da promoção nesta semana.
“Parabenizo todos os meios de comunicação de nossa cidade que estão engajados na campanha "CRACK NEM PENSAR!!!"Parabenizo também o LÉO CLUBE, que distribuiu adesivos e fôlders em nossas sinaleiras. Esse mal, com efeitos tão devastadores, escraviza e desgraça o usuário e toda sua família. Infelizmente muitas famílias ocultam o problema, e só agem quando já é tarde. É preciso ter a consciência que estas e outras drogas, levam o usuário a cometer vários tipos de crimes, dos quais ninguém está livre. Então pessoal, vamos unir nossos esforços com urgência para esta causa. Assim, talvez possamos ter a esperança de frear o crescimento deste mal.”
Faça como a Renaty! Participe escrevendo para michele@tl.com.br. Tem gente que não escreve e-mail, então pode deixar o nome e a opinião na Joalheria e Óptica Sebben, que está valendo também! Beijos!

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Você sempre volta...


Para todos os que batem na mesma porta. E para todos que abrem essa porta...


Solidão a dois de dia
Faz calor, depois faz frio
Você diz "já foi" e eu concordo contigo
Você sai de perto eu penso em suicídio
Mas no fundo eu nem ligo
Você sempre volta com as mesmas notícias
Eu queria ter uma bomba
Um flit paralisante qualquer
Pra poder me livrar
Do prático efeito
Das tuas frases feitas
Das tuas noites perfeitas

Solidão a dois de dia
Faz calor, depois faz frio
Você diz "já foi" e eu concordo contigo
Você sai de perto eu penso em homicídio
Mas no fundo eu nem ligo
Você sempre volta com as mesmas notícias
Eu queria ter uma bomba
Um flit paralisante qualquer
Pra poder te negar
Bem no último instante
Meu mundo que você não vê
Meu sonho que você não crê...

sábado, 3 de outubro de 2009

Conhece-te a ti mesmo...


Um açougueiro estava em sua loja e ficou surpreso quando um cachorro entrou.
Ele espantou o cachorro, mas logo o cãozinho voltou.
Novamente ele tentou espantá-lo, foi quando viu que o animal trazia um bilhete na boca.
Ele pegou o bilhete e leu:
- Pode me mandar 12 salsichas e uma perna de carneiro, por favor.
Assinado....
Ele olhou e viu que dentro da boca do cachorro havia uma nota de 50 Reais. Então ele pegou o dinheiro, separou as salsichas e a perna de carneiro,colocou numa embalagem plástica, junto com o troco, e pôs na boca do cachorro.
O açougueiro ficou impressionado e como já era mesmo hora de fechar o açougue, ele
decidiu seguir o animal.
O cachorro desceu a rua, quando chegou ao cruzamento deixou a bolsa no chão, pulou e apertou o botão para fechar o sinal. Esperou pacientemente com o saco na boca até que o sinal fechasse e ele pudesse atravessar a rua. O açougueiro e o cão foram caminhando pela rua, até que o
cão parou em uma casa e pôs as compras na calçada.
Então, voltou um pouco, correu e se atirou contra a porta.
Tornou a fazer isso. Ninguém respondeu na casa.
Então, o cachorro circundou a casa, pulou um muro baixo,
foi até a janela e começou a bater com a cabeça no vidro várias vezes.
Depois disso, caminhou de volta para a porta, e foi quando alguém abriu a porta e começou a bater no cachorro.
O açougueiro correu até esta pessoa e o impediu, dizendo:
-'Por Deus do céu,o que você está fazendo?
O seu cão é um gênio!'
A pessoa respondeu:
- 'Um gênio?
Esta já é a segunda vez esta semana que este estúpido ESQUECE a chave!!!

Moral da História:


' Você pode continuar excedendo às
expectativas, mas para os olhos de alguns, você estará sempre
abaixo do esperado. Qualquer um pode suportar a adversidade, mas
se quiser testar o caráter de alguém, dê-lhe o poder.
Se algum dia alguém lhe disser que seu trabalho não
é o de um profissional, lembre-se:
Amadores construíram a Arca de Noé e profissionais, o Titanic.
Quem conhece os outros é inteligente.
Quem conhece a si
mesmo é iluminado.
Quem vence os outros é forte.
Quem vence a si mesmo é invencível!!’

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Desista, mas de cabeça erguida.




Na contra mão das frases feitas que afirmam que “quem acredita sempre alcança”, “desistir não é nobre”, e outras tantas filosofias que nos obrigam praticamente a não desistir JAMAIS... a vida mostra que chega uma hora em que é preciso desistir, sim.

Não falo em desistir na primeira tentativa, desanimar no primeiro obstáculo, fracassar na primeira derrota. Estou falando em não insistir quando realmente não dá mais.

A maior parte das pessoas não entende a sutil diferença entre lutar pelo que se quer e se tornar desagradável ou teimoso.

Principalmente no amor, mas também no trabalho e na vida, as pessoas não sabem a hora de parar.

Se ela já percebeu que não ia dar certo e te falou isso com todas as letras, por favor, parta para outra.

Mas de coração aberto. Não fique inventado desculpas para um encontro, enviando presentes, ligando na madrugada chuvosa porque ela tem medo de temporal, aparecendo nos lugares em ela costuma ir. Isso não faz ninguém amar ninguém. Nem vai fazer com que depois de tanto dizer que não vai dar, ela bata a cabeça e descubra que você é realmente o homem da vida dela.

Se você quer ser médico e nos últimos 10 anos não passou no vestibular, que tal deixar o cursinho de lado e encontrar um outro trabalho que te dê prazer, ao invés de se achar o eterno médico fracassado?

Se você se esforça para ser o melhor, dedica-se de corpo e alma, e há anos não consegue agradar seu chefe, conquistar a promoção sonhada ou o aumento salarial, que tal se dar conta de que talvez a empresa não te mereça, e cair fora?

Às vezes a teimosia traz a conquista, mas a que preço?

Acredite, essas conquistas na marra, vão trazer mais infelicidade do que alegrias. Tem uma frase que diz: Cuidado com o que deseja... você pode conseguir.

Porque é feio desistir? Porque é humilhante reconhecer que perdemos?

Porque estamos alimentando os egos e fazendo com que as pessoas pensem que são tão incríveis que não podem receber um não?

Na minha infância me ensinaram que receber um não era educativo. E que era correto saber aceita-lo.

Por favor! Desistam de mim se não dou amor, atenção, carinho ou o respeito que vocês merecem. E eu prometo desistir sem mágoa daqueles que não podem correspondem às minhas expectativas.

Acreditem, é possível desistir de cabeça erguida.

“Em toda a vida, nunca me esforcei por ganhar nem me espantei por perder. A noção ou o sentimento da transitoriedade de tudo é o fundamento mesmo da minha personalidade.”

Cecília Meireles

Tentei, porém nada fiz...
Muito, da vida, eu já quis.
Já quis... mas não quero mais...”

Cecília Meireles

(...) farei o possível para não amar demais as pessoas, sobretudo por causa das pessoas. Às vezes o amor que se dá pesa, quase como uma responsabilidade na pessoa que o recebe. Eu tenho essa tendência geral para exagerar, e resolvi tentar não exigir dos outros senão o mínimo. É uma forma de paz...

Clarice Lispector


Todos os sonhos do mundo!


Oi geeente!!! Sempre tive curiosidade em saber porque sonhamos e o significado dos sonhos!!! Às vezes sonho cada coisa que até Deus duvida. Não posso ter desejado aquilo!! E os pesadelos?! Jesusmariajosé!
Às vezes acordo apavorada à noite.



Sei que decifrar sonhos, tentar explica-los faz parte da terapia. Pelo menos os sonhos tinham sempre importância no tratamento de pacientes dos livros de Irvin Yalom. Mas a Clarissa Pasqualotto me escreveu, dizendo que este era um assunto que achava interessante para este espaço (de mulheres e homens sonhadores hehe). E ela me mandou um material muito legal, com algumas explicações.

O sonho exerce duas funções: Uma de manter o sono, e a outra de realizar o desejo. O sonho traduz as ideias em imagens (é aí que me dá medo... tenho cada ideia...rsrsrs). O pesadelo é a realização de um desejo que conscientemente não aceitamos (que coisa complicada, não?). O sonho revela a verdadeira natureza da pessoa, mas não toda ela, é uma forma de manter o interior oculto da mente consciente preservando a paz. (Ainda bem que não andamos por aí fazendo tudo o que seríamos capazes de fazer... deixa isso pra nossa parte oculta). As imagens que são geradas pelo inconsciente sempre estão ligadas a alguma outra do nosso consciente. Para Freud os sonhos representam 2 tipos de conteúdo: um manifesto, uma latente.
Nos sonhos está a verdade: nos sonhos aprendemos a conhecer-nos tal como somos, a despeito de todos os disfarces que usamos perante o mundo, sejam eles enobrecedores ou humilhantes.

“O sonho é a estrada real que conduz ao inconsciente”, escreveu Freud em sua obra-prima “A Interpretação dos Sonhos”.

Clarissa e leitores, sempre achei que somos muito mais do que aparentamos. Que jamais vamos nos descobrir ao todo, e jamais poderemos nos definir, porque somos uma caixinha de surpresas para nós mesmos.

Geralmente nem lembramos o que sonhamos. E muito do que passa por nossos sonhos realmente não poderia ser posto em prática na vida real. Seria perigoso, talvez vergonhoso.

Acredito que somos muito mais que o nosso consciente. Somos desejos reprimidos e até mesmo desejos desconhecidos.

Sonhar não custa nada. E o sonho tem muitos significados dependendo das crenças, das religiões, das culturas. Se você quiser saber mais sobre isso, mando o material que a Cissa me enviou para você.

Mas uma coisa é verdade: procure descobrir-se. Ir além do óbvio. Além de tudo aquilo que você faz. Porque você é muito mais o que você PENSA.

Pense nisso e descubra-se! Esta é a chave da felicidade e paz de espírito!

Agora, se você sonhar que seu namorado está te traindo, jogue na loteria os números do CACHORRO e da VACA, ganhe uma grana e contrate um acompanhante bonito e sarado para uma viagem daquelas!!!!

Gente, eu me divirto com meus leitores. Eles me mandam cada uma!!! Bom, eu vou subir agora a censura para 18 anos, e se você tem menos que isso, não leia, ok?

ETIQUETA a gente deve ter em qualquer momento. Até na hora do SEXO!!! Isso mesmo. Se você nunca fez, um dia vai fazer. E se você faz, preste atenção em alguns detalhes fundamentais...

Para as Mulheres :
* Nunca, em hipótese nenhuma, use calcinha furada. No dia em que você sair com aquela calcinha mais fuleira, pode ter certeza que vai ser o dia que você vai tirar o pé-da-lama!
* Não faça performances que você não sabe. Tentar coisas novas é bom, mas em cima do lustre não fica legal...
* Depile-se. Se vira... Ande com gilete na bolsa... Fique a melhor amiga da depiladora... e mantenha as partes em ordem.
* Não fale : "- Tira a mão daí!!". Se você está na chuva, se molhe.
* O cara quer virar e dormir? Qual o problema? Vire e durma primeiro que você vai ver só a repercussão que isso causa na mente alheia.
* Cuidado. Gemer é uma coisa. Mugir, latir é outra.
Para os Homens:
* Porque os homens sempre coçam o saco? Parem de coçar e lavem ele. Saco fedido é o 'ó'.
* Não transe de relógio. Não é nada legal tomar uma relojada na cabeça.
* Os psicólogos sempre dizem que nós somos aquilo que nós acreditamos ser. Se você tem um pirulito pequeno... Você pode achar que ele é grande. Agora...se você acredita nisso, problema é seu. Não tente me convencer disso, porque é inútil.
* Soltou um Pum? Ria... Porque vai feder de qualquer jeito!

E era isso! Classe e “catiguria” SEMPRE!!!

Falando sério:

15 anos: Lindas as cinco debutantes do dia 10 de outubro. Vocês estão conhecendo elas pelas páginas do Informativo Regional. O Baile promete ser de muita beleza, bom gosto, modernidade e diversão. Afinal, as cinderelas modernas são conectadas com o mundo! Parabéns aos pais pela iniciativa e pelo trabalho que está sendo realizado, juntamente com todos os colaboradores!

Para ler: “A menina que roubava livros”. É um dos mais vendidos, mas eu não tinha lido ainda. Chorei de soluçar com a beleza dessa obra. Tem pessoas que nascem para nos fazer dar valor a vida. O autor deste livro, Markus Zusak, é uma dessas pessoas. Quer ser melhor do que você é? Leia “A menina que roubava livros”.

Desabafaaa!!! “Guaporé é uma cidade de muita competição. Quem tem o melhor carro, quem tem a maior casa, quem tem a mulher mais gostosa. Enquanto as pessoas se preocuparem em competir com os outros, não vão cuidar de suas vidas e não vão alcançar a felicidade. Nem vão tornar Guaporé um lugar melhor para se viver. Eu gosto de morar aqui. Vim para cá para trabalhar em uma das maiores empresas locais. Mas desde o início percebi essa competição. E às vezes isso incomoda.”

A pessoa que escreveu preferiu não se identificar. Você também pode participar. É um espaço aberto para falarmos de nossa cidade. Uma promoção da Joalheria e Óptica Sebben. Você escreve, concorre a lentes de contato coloridas, e a gente tem a oportunidade de mudar um pouco a mentalidade das pessoas!
Escreva para: michele@tl.com.br.