Devaneios tolos... a me torturar.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Não posso mais viver sem mim!

Oi geeente!


Estava eu comemorando o feriadão que se aproxima, quando uma amiga me disse: “Vou ficar em casa, sozinha. Se bobear, corto os pulsos. Não consigo suportar a solidão e a falta do que fazer.”

Já dizia minha vó “cabeça vazia, oficina do diabo”. Estamos com o pé em um feriadão, e eu, que tinha mil planos, também vou ficar por casa mesmo.

Quando um intervalo quebra aquela rotina corrida, quase todo mundo planeja atividades diferentes, passeios, festas, viagens, encontros com amigos.

É necessário ocupar o ócio com algo produtivo. Porque sua cabeça não aguenta, se você parar.

Muitas pessoas têm medo de ficar sozinhas com elas mesmas, de curtir folgas contando somente com a geladeira cheia e a cabeça vazia, porque nestes momentos, ao invés de curtir um “dolce far niente”, acabam puxando pela memória um novelo de problemas e crises existenciais.

Se você for ficar em casa no feriado, uma boa pedida é fazer uma faxina, arrumar o guarda-roupas, e arrumar também as ideias. Com as roupas velhas que não servem, se livre dos conceitos antigos, que representam uma pessoa que também não existe mais.

Mude! Troque de roupa e de postura, faça as pazes com você, curta sua companhia, encha sua cabeça de projetos, faça novos planos, curta um bom filme deitada no seu sofá, com quilos de pipoca e litros de refrigerante.

Permita-se se conhecer melhor, você é um universo, é a melhor companhia para você mesmo, é suficientemente capaz de obter felicidade, sem depender de terceiros.

Enquanto muitos vão se trancar em casa e lembrar de amores fracassados, festas que não foram convidados, e empregos arruinados, você deve sair para caminhar. Colocar ar renovado nos pulmões. Observar a paisagem olhando o horizonte e não as marcas que seus pés deixam no chão.

Seguindo o famoso texto de Jabor, “bom mesmo é ter um problema na cabeça, um sorriso na boca e paz no coração. Aliás, entregue seus problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora?”

Essa é minha meta para este final de semana prolongado. Aproveitar a mim mesma, os meus queridos amigos, os meus familiares. Vou descansar, ficar de pernas pro ar, pensar em coisas boas, comer muito chocolate, ligar para quem está longe, abraçar quem está perto.

Vou ocupar minha cabeça com coisas boas. E os problemas... bom, com esses eu me entendo na segunda-feira.

Feliz Páscoa!

9 comentários:

  1. Boooom dia Michele...

    Adoro teu blog sempre que tenho um tempinho dou uma passadinha aqui pra ler!
    Te acho um exemplo de pessoa, teu lado divertido, inteligente, linda, tuas opinioes...
    As vezes quando estou pra baixo (que são tantas vezes) sempre encontro aqui algo bom! que tire meus maus pensameentos rsrsrs
    Parabéns pelo seu trabalho!
    Muito sucesso :)
    eee Feliz Pascoa
    Camila.

    ResponderExcluir
  2. Minha mãe sempre diz: Quem muito odeia os outros, odeia mais a si mesmo.
    Por isso, tem razão, precisamos fazer as pazes conosco.
    Feliz Páscoa!

    ResponderExcluir
  3. Camilaaaa, tu sempre encontra algo bom no meio das besteiras haha
    Obrigado! Beijo!
    E Mariana... uma vez eu duvidava, mas depois de uma certa idade a gte tem certeza: mãe tem sempre razão! ;)
    beijos e obrigado pelas visitas!

    ResponderExcluir
  4. Goria tô pasma... qdo eu te disse q iria "cortar meus pulsos", eu ainda não tinha lido o blog. Como tu adivinhou? Tu é bruxaaa! Agora todo mundo vai saber que tu indiretamente pode ter culpa no cartório se eu optar por esse triste e cruel fim.
    Adeus Mundo Cruel!!!

    ResponderExcluir
  5. Coincidência + Filme do Findi = DOLCE FAR NIENTE!

    ResponderExcluir
  6. Post maravilhoso como sempre! Bom descanso e bom feriado!

    ResponderExcluir
  7. O psicanalista inglês Donald Winnicott escreveu um artigo clássico sobre o assunto: "A capacidade de estar só". Em resumo, ficar sozinho sem angústia depende de um cuidado consistente nos momentos de separação através de vínculos seguros reais ou internalizados no psiquismo. Sem esse apoio, a sensação é de abandono e desamparo.

    ResponderExcluir
  8. Poxa, obrigado pela contribuição. Vou procurar esse artigo, ;)

    ResponderExcluir
  9. olá garota FELIZ PÁSCOA ATRASADO amada, adorei ficar sozinha.
    Ficar sozinha
    Não tem nada a ver com solidão. Ficar sozinha é fundamental para podermos estar com a gente mesmo. Pra pensar, desligar, metabolizar acontecimentos, emoções, só pra deixar o tempo passar, se equilibrar, reequilibrar... Saber ficar sozinha é muito, muito bom. Não abra mão desse privilégio. E aproveite. Poder recarregar as baterias devia ser obrigatório.Acho que cada um pode escolher o estilo de vida que se encaixe mais no seu perfil. Pode ser junto feliz, sozinho e feliz. O que mais importa é ser feliz na sua escolha.

    ResponderExcluir