Devaneios tolos... a me torturar.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010


Eu quero o mapa das nuvens... e um barco bem vagaroso.

Mário Quintana- nosso poetinha maiúsculo.

2 comentários:

  1. Oi, Miche!!!
    Sim, sim... O Mário é mesmo um fofo... Também adooooooro ele...
    Bom, mudando de assunto, hoje tirei um tempo pra zoar na net e vi um "negócio" que me deixou passada e dobrada: tem gente usando textos teus em seus blogs particulares SEM citar a autoria??? Credo, ainda existe isso... Xoquei!!!
    Falo porque também vi umas fotos do meu blog zanzando por aí e umas frases também... pô, quer usar, tudo bem, mas ao menos cita a fonte e o autor (pelo menos), afinal a gente fica "horas" lendo e vagando em busca de algo interessante a dizer, daí chegam umas folgadinhas e "control c + control v" na maior cara dura...
    Ai, ai... Não gostei!!!!
    A propósito: tu sabe que é minha musa cultural inspiradora, mas sempre que eu faço uso do que tu escreve, cito a autoria... Afinal tu escreve umas coisas tão belas que teu nome MERECE ser mencionado!!!
    Como sou uma escritora frustrada, fico encantada(literalmente!!) com quem tem o dom da palavra... Quem sabe na minha próxima vida...!
    Beijão no coração.

    ResponderExcluir
  2. Ai Fabi!!! Eu como escritora das colônias me sinto feliz só pelo fato das pessoas gostarem dos meus textos! E se citarem meu nome então... vou ficar me ACHANDO!! hehe
    Obrigado querida, a recíproca é verdadeira, a gente sente que tem sintonia com as pessoas pela maneira de pensar, independente da facilidade ou dificuldade de colocar os sentimentos no papel! E eu te agradeço mais uma vez pelo carinho!

    ResponderExcluir