Devaneios tolos... a me torturar.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Inimiga íntima



Oi geeente!


Quero confessar que me sinto muito à vontade com vocês. Sério, considero todos meus amigos de verdade. A ponto de contar uma coisa que às vezes, tendo esconder de mim mesma.

Tem uma mulher aqui em Guaporé que me odeia. E é incrível a força que ela tem para influenciar na minha vida. Vou citar só alguns exemplos das maldades que ela faz, e o pior: se julga dona da razão.

Se estou contente, porque alguém elogiou meu trabalho, ela já critica, dizendo que meus textos são ruins, minhas ideias são erradas, e as pessoas de modo geral, pensam que eu só escrevo para aparecer.

Se gostei de uma roupa, ou me achei bonita em alguma ocasião... Lá vem ela criticando o vestido, a maquiagem, o cabelo. Lembrando que eu engordei, que minha pele está péssima, que minhas olheiras parecem dois socos, um em cada lado do rosto. E que eu nem deveria sair mais de casa.

Se alguém fala mal de mim, ela já vai logo dizendo que sim, é verdade, as pessoas tem razão de falar. Afinal, com certeza eu não presto, sou maldosa, linguaruda, fútil, e me meto onde não sou chamada.

Se alguém me elogia, lá vem ela dizendo que provavelmente só recebi o elogio porque sou oferecida, não me dou ao respeito, ou a pessoa quer alguma coisa em troca. Elogio sincero, com certeza eu não mereço.

E assim, de influência negativa em influência negativa, essa criatura mina a minha auto-estima e me joga na cama por uma semana, sem querer ver nada, nem ninguém.

É ela quem me manda não ir à festa. Não aceitar o convite para jantar. Não encarar o novo desafio profissional. É ela, essa sem-vergonha, que me planta no chão. Não me deixa voar.

Sério, eu sei que este é um sentimento muito ruim. Mas eu detesto essa criatura. Queria que ela sumisse, evaporasse, tomasse veneno, morresse. Não ia fazer falta. Falta nenhuma.
Eu sei que muitas pessoas podem não gostar de mim. Mas essa inimiga íntima me o-d-e-i-a. E o pior: conhece todos os meus pontos fracos e atinge cada um deles de forma mortal e certeira.

O nome dela? Michele Lunardi.



Eu saio de casa todos os dias de armadura de aço e lança na mão para vencer o mundo. E não consigo derrotar meu lado excessivamente crítico. Não consigo vencer a MIM MESMA!

12 comentários:

  1. Oi ^^! Vi uma amiga seguindo seu blog e começei a seguir também, você está de parabéns!! Seus textos são muito bons em todos os sentidos, adoro lê-los.

    Quando ao texto, eu sempre digo que seu pior inimigo é você mesmo, pois é o único que te conhece por completo, mesmo que inconscientemente. Fora isso não sei muito o que dizer, pois sou uma das pessoas mais complexadas que eu conheço, mas penso que algumas pessoas realmente elogiam com sinceridade, e que existe altruísmo! Uma prova de que você não é nada do que seu lado negro da força fala é que eu, de Minas Gerais estou seguindo seu blog, sendo que não tenho nenhuma obrigação de o fazê-lo e faço porque gosto dos seus textos. Quando a aparência não posso dizer, mas se julgar pelas fotos ela também está super errada!!

    Abraços, ótima sexta *---*!

    ResponderExcluir
  2. É Mi...É isso mesmo!
    Nossa maior luta é contra nós mesmas!
    Mas olha, tenha certeza que o bem sempre vence o mal!!!
    bj

    ResponderExcluir
  3. Lindona, Gatissima, querida, autêntica, carismática, fashion, tdo de bom!!!!!!!!! Admiro a Micheli Lunardi. BJS amada!

    ResponderExcluir
  4. Muito oportuno o post. Pesquisas indicam que cerca de 40% das mulheres tem a sua inimiga íntima. Ela começa a botar as manguinhas de fora lá pelos 10 anos de idade. Alimenta-se da expectativa irrealista, insuflada desde cedo por um ambiente social onde o elogio e o reconhecimento são escassos. Ser boa deixa de ser suficiente, passa a ser necessário ser sempre ótima. A inimiga íntima é o discurso dos outros. Abç!

    ResponderExcluir
  5. Texto brilhante.

    Mas você que vai decidir se esses elogios são sinceros (e merecidos)... ou não... hehe. ;)

    Quanto à essa sua ainda inimiga, hoje te digo que tem um lado ótimo nisso: é a sua ÚNICA.

    E isso só vai existir até você perceber que ela é na verdade sua melhor amiga =]

    Beijoca

    ResponderExcluir
  6. Com tanto apoio moral, nem a TPM me derruba neste mês! haha
    "A inimiga íntima é o discurso dos outros." O Dr. Luis sempre consegue resumir tudo em uma ótima frase.
    É verdade.

    ResponderExcluir
  7. Ahaha parece a minha mãe, sempre achando que não tá bom, que poderia ser melhor, que faltou isso, faltou aquilo ahahahhaha!Virginianas perfeccionistas!

    ResponderExcluir
  8. Gata!!!

    Olha, ontem estava falando isso com minha terapeuta reichiana. Menina, fiquei arrasadaaaaa com a sessão "terapêutica" de ontem. Quando leio seu texto.... Outra sessão "terapêutica"!

    Esses inimigos íntimos que nunca querem dá uma folga para gente, são realmente destrutíveis. Mas só se quisermos que eles estejam sempre presente. Claro que sempre fazemos que estes inimigos íntimos, venham para a sala principal da casa. Nunca o deixamos nos quartinhos do fundo.Assim nos afastamos das outras pessoas e/ou fazemos com que se afastem de nós (NESTE CASO NÓS, FALO DE MIM)
    Como podemos fazer que este inimigo íntimo seja nosso amigo? Acredito que é começando a nos olhar e observar o que fazemos e falamos.

    Ai.... Tô naquela fase "Sangro de novo...."

    sdssssss

    ResponderExcluir
  9. Miche, querida!
    Pra variar tenho que dar o meu "pitaco": certa vez li uma reportagem numa revista feminina que dizia que devemos ter com a gente o mesmo carinho que temos com nossa(s) melhor(es) amiga(s), no sentido de que, por exemplo, quando ela reclama que está gordinha, a gente consola e diz "imagina, você está ótima"... Se é verdade, não vem ao caso, mas o carinho e a benevolência ajudam, rsrsrs!!!
    Beijos...

    (terminei teu livro: adorei!!! Estou pensando numa forma "diferente" de te devolver... Vou achar uma forma: aguarde e confie!!!)

    ResponderExcluir
  10. Rafa! Estava mesmo sentindo tua falta por aqui!!! E Fabi, o que tu tá aprontando hein? haha
    Passou a TMP, a inimiga só volta no mês que vem!

    ResponderExcluir
  11. ukakuaukaukaukauk

    Literalmente inimiga.... rsrsrsr
    salve salve salve a ela todo mÊs....

    ResponderExcluir
  12. hahaha escrevi TMP, tô mesmo com a cabeça virada!
    hahahaha
    T.P.M né Rafa!

    ResponderExcluir