Devaneios tolos... a me torturar.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Pois é...


Amar é... tentar desesperadamente tocar o coração do homem de lata.

3 comentários:

  1. Amar também é... tentar desesperadamente tocar o coração da mais linda mulher de Guaporé.

    Te cuida mas não te comporta.

    Bj

    ResponderExcluir
  2. Tenho certeza que conheço quem fala assim comigo. Ou será que é só sensação de conhecer? Parece quando uma palavra está na ponta da lingua, mas não sai...
    Curiosidade mata. Pluft. Morri!
    hahahaha mas quem é esse anônimo poeta gente?

    ResponderExcluir
  3. Amor...

    O amor quando se revela
    não se sabe revelar.
    Sabe bem olhar pra ela,
    mas não lhe sabe falar.

    Quem quer dizer o que sente,
    não sabe o que há de dizer ...
    Fala: parece que mente.
    Cala: parece esquecer.

    Mas se ela adivinhasse,
    se pudesse ouvir o olhar,
    e se um olhar lhe bastasse,
    pra saber que a estão a amar

    Mas quem sente muito, cala
    Quem quer dizer quanto sente
    fica sem alma, nem fala ...
    Fica só inteiramente.

    Mas se isto puder contar-lhe
    o que não lhe ouso contar
    já não terei que contar-lhe
    porque lhe estou a falar.

    Fernando Pessoa

    ResponderExcluir