Devaneios tolos... a me torturar.

domingo, 24 de maio de 2009

Participo do seu jogo...


Sadomasoquismo não é recomendável. Mas há quem diga que todo o amor é bom... a dor é só pra excitar... Porque o jogo é um vício e o amor é um jogo. Hoje você ganha, amanhã perde, depois... volta a ganhar... Há sempre uma nova rodada. E que graça teria a vida sem essa competição?

Você é tão acostumada
A sempre ter razão

Você é tão articulada
Quando fala não pede atenção

O poder de dominar é tentador
Eu já não sinto nada
Sou todo torpor

É tão certo quanto calor do fogo
Eu já não tenho escolha
E participo do seu jogo, eu participo...

Não consigo dizer se é bom ou mal
Assim como o ar me parece vital
Onde quer que eu vá e o que quer que eu faça
Sem você não tem graça...


Você sempre surpreende
E eu tento entender
Você nunca se arrepende
Você gosta e sente até prazer

Mas se você me perguntar
Eu digo sim, eu continuo
Porque a chuva não cai
Só sobre mim

Vejo os outros;
Todos estão tentando
É tão certo quanto calor do fogo
Eu já não tenho escolha
E participo do seu jogo, eu participo

Não consigo dizer se é bom ou mal
Assim como o ar me parece vital
Onde quer que eu vá e o que quer que eu faça
Sem você não tem graça


É tão certo quanto calor do fogo
Eu já não tenho escolha
Eu participo do seu jogo, do seu jogo.

3 comentários: