Devaneios tolos... a me torturar.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Ele quem?!


Eu tenho a triste mania de achar que o problema é comigo. Mesmo quando não é comigo. Teimo em insistir que eu posso ser melhor. Mesmo quando estou sendo o melhor que posso.


Bom pra mim. Sem querer, estou me tornando muito melhor do que jamais poderia ser.


"Já não sou o que eu era. Devo ser o que me tornei."


Para todas as mulheres que se diminuiram diante de um amor, de uma amiga, de um chefe, de um idiota qualquer...



Ele quem mesmo??



Depois de um bom tempo dizendo que eu era a mulher da vida dele, um belo dia eu recebo um e-mail dizendo: 'olha, não dá mais'. Tá certo que a gente tava quase se matando e que o namoro já tinha acabado mesmo, mas não se termina nenhuma história de amor (e eu ainda o amava muito) com um e-mail, não é mesmo?

Liguei pra tentar conversar e terminar tudo decentemente e ele respondeu: 'mas agora eu to comendo um lanche com amigos'. Enfim, fiquei pra morrer algumas semanas até que decidi que precisava ser uma mulher melhor para ele.

Quem sabe eu ficando mais bonita, mais equilibrada ou mais inteligente, ele não volta pra mim? Foi assim que me matriculei simultaneamente numa academia de ginástica, num centro budista e em um curso de cinema. Nos meses que se seguiram eu me tornei dos seres mais malhados, calmos, espiritualizados e cinéfilos do planeta.

E sabe o que aconteceu? Nada, absolutamente nada, ele continuou não lembrando que eu existia. Aí achei que isso não podia ficar assim, de jeito nenhum, eu precisava ser ainda melhor pra ele, sim, ele tinha que voltar pra mim de qualquer jeito.

Pra isso, larguei de vez a propaganda, que eu não suportava mais, e resolvi me empenhar na carreira de escritora, participei de vários livros, terminei meu próprio livro, ganhei novas colunas em revistas, quintupliquei o número de leitores do meu site e nada aconteceu.

Mas eu sou taurina com ascendente em áries, lua em gêmeos filha única!

Eu não desisto fácil assim de um amor, e então resolvi tinha que ser uma super ultra mulher para ele, só assim ele voltaria pra mim. Foi então que passei 35 dias na Europa, exclusivamente em minha companhia, conhecendo lugares geniais, controlando meu pânico em estar sozinha e longe de casa, me tornando mais culta e vivida.

Voltei de viagem e tchân, tchân, tchân, tchân: nem sinal de vida.

Comecei um documentário com um grande amigo, aprendi a fazer strip, cortei meu cabelo 145 vezes, aumentei a terapia, li mais uns 30 livros, ajudei os pobres, rezei pra Santo Antonio umas 1.000 vezes, torrei no sol, fiz milhares de cursos de roteiro, astrologia e história, aprendi a nadar, me apaixonei por praia, comprei todas as roupas mais lindas de Paris.

Como última cartada para ser a melhor mulher do planeta, eu resolvi ir morar sozinha.

Aluguei um apartamento charmoso, decorei tudo brilhantemente, chamei amigos para a inauguração, servi bom vinho e comidinhas feitas, claro, por mim, que também finalmente aprendi a cozinhar. Resultado disso tudo: silêncio absoluto.

O tempo passou, eu continuei acordando e indo dormir todos os dias querendo ser mais feliz para ele, mais bonita para ele, mais mulher para ele.


Até que algo sensacional aconteceu.


Um belo dia eu acordei tão bonita, tão feliz, tão realizada, tão mulher, que eu acabei me tornando mulher DEMAIS para ele.


Ele quem mesmo???

(Martha Medeiros)



'Não podemos esperar que outra pessoa nos preencha ou nos complete. Sozinhas, somos as responsáveis por nossa Paz de espírito e nossa realização, seja ela pessoal ou profissional.'

(Marian Keyes)

9 comentários:

  1. Oi, Michele, tenho acompanhado teu blog e teus posts muito verdadeiros. As fotos também são muito legais. E sabe aquele idiota qualquer de que falaste? O que ele faz tem um nome chique: identificação projetiva. Quer que a gente se sinta que nem ele. Não entra nessa! Abç.

    ResponderExcluir
  2. Porque será que quem olha do lado de dentro tem a visão tão distorcida das coisas? E quem está do lado de fora vê tão claramente?
    As vezes somos tão idiotas quanto o idiota em questão. Mas sempre é tempo de deixarmos de ser!
    E eu estou achando o máximo ter um acompanhamento terapeutico de perto!!!
    Obrigado!!!!

    ResponderExcluir
  3. É BEM VINDA!!!
    Sou igualzinha, mas sabe nada que uma terapia de choque não resolva... sempre acho que sou o poço do problemas dos outros.. mas dei de conta que o problema não é ser poço e sim deixar a agua transbordar!!!!
    Bjoka;)

    http://crisesexiliques.zip.net

    ResponderExcluir
  4. "...Não espere perfeição
    Não espere gratidão
    Não espere perfeição
    Não espere não..."
    Estamos sempre muito preocupados em fazer coisas aos outros e pelos outros esperando algo em troca...esta sempre buscando crescimento é algo maravilhoso mas quando é por nós mesmos!

    ResponderExcluir
  5. outro texto maravilhoso!!nós estamos muito carentes...nascemos carentes, ou somos carentes de afeto, de amor, de tudo de bom que outra pessoa da qual amamos possa nos oferecer, e as vezes cegos fazemos coisas inpensadas, ou deixamos de fazer por nós mesmos, até que um dia acordamos, acontece nas melhores famílias hahahaha, esse texto diz tudo. Ela vai lá e faz de tudo por ela, pra ter ele de volta, mas está na verdade se descobrindo e descobrindo muitas coisas, coisa boa isso, fazermos por nós, e quando vemos, o que achavamos que se encaixava não se encaixa mais, tudo muda, nós mudamos! que bom!! e ai...ele...quem mesmo??

    ResponderExcluir
  6. MICHELE!!!
    VOCÊ É MUITO LINDA, TENS UM OLHAR ENVOLVENTE, SEDUTOR.
    E O TEU SORRISO, O QUE É ISSO?? É MARAVILHOSO OLHAR TEU SORRISO NAS FOTOS E PESSOALMENTE É MELHOR AINDA.
    TE ADMIRO POR MUITOS MOTIVOS, MAS PRINCIPALMENTE PELA ALEGRIA E SENSUALIDADE QUE TU TRANSMITES. TEM OUTROS MOTIVOS MAS DEIXA QUE OUTRA VEZ EU ESCREVO.
    QUERO TE MANDAR UM BEIJO E DESEJAR UM FINAL DE SEMANA MARAVILHOSO. BEIJOS

    ResponderExcluir
  7. Obrigado! E fiquei curiosa... com os outros motivos :)
    E com o autor do comentário. ;)

    ResponderExcluir
  8. RENATY J.M.MOLINARO24 de setembro de 2009 14:17

    OI AMIGAAA...

    Amei esse texto da Marta Medeiros( ela é ótima!!!)e faz todo o sentido do mundo o que está escrito. Quero ser breve no meu comentário, acrescentando a letra de uma música da Renata Arruda: OURO PRA MIM.

    ***OBS: hehehe Modifiquei ela só um pouquinho, a terceira pessoa, tranformei em primeira: "EU". Tomara que gostem!!!

    LÁ VAI...

    "Tudo junto, no meu caso rolou de uma vez só.
    De repente o que era já não era mais.
    Mudou tudo no amor...
    Outra cara.
    Outra forma de ver e sentir.
    O que antes eu não entendia,
    Agora é OURO PRA MIM!!!
    A cabeça mudou.
    Outra cara...
    Eu tô fora e não vou mais sair.
    O que eu não precisava,
    Agora é preciso...
    Amor é assim!!!
    Lindo,
    Tô que nem criança
    Tô de alma limpa
    Comigo por perto
    Vou mais longe ainda
    Hoje eu quero luz de sol e mar.
    Nova...
    Renovada a força
    Tô feliz da vida
    Sob o MEU domínio
    Tô mais forte ainda
    Não tem nada fora de lugar...............

    Milhões de bjkassss
    RENATY MOLINARO.

    ResponderExcluir