Devaneios tolos... a me torturar.

terça-feira, 1 de setembro de 2009


“Sou tão misteriosa que não me entendo.”


Sou sempre uma surpresa para mim mesma. Nos dias de sol, acordo com ares de temporal. Nos de chuva, estou pronta para um piquenique.
Tenho andado tanto...
E quando chego lá, nem me lembro mesmo porque escolhi aquele caminho.
Isso enlouquece os outros. Ou talvez, eu disfarce tão bem que eles nem percebam minha constante insatisfação.
Mas com certeza, esse tipo de comportamento enlouquece muito mais a mim.
Porque será que continuo a perguntar, perguntar, perguntar... se nem sequer paro para escutar a resposta?
Talvez porque quando encontramos a resposta, a vida realmente mude todas as perguntas.


Copiei esse texto abaixo da Fabi. Acho que ela adora a Clarice Linspector. Eu também!

“Sou o que se chama de pessoa impulsiva. Como descrever? Acho que assim: vem-me uma idéia ou um sentimento e eu, em vez de refletir sobre o que me veio, ajo quase que imediatamente. O resultado tem sido meio a meio: às vezes acontece que agi sob uma intuição dessas que não falham, às vezes erro completamente, o que prova que não se tratava de intuição, mas de simples infantilidade.
Trata-se de saber se devo prosseguir nos meus impulsos. E até que ponto posso controlá-los. [...] Deverei continuar a acertar e a errar, aceitando os resultados resignadamente? Ou devo lutar e tornar-me uma pessoa mais adulta? E também tenho medo de tornar-me adulta demais: eu perderia um dos prazeres do que é um jogo infantil, do que tantas vezes é uma alegria pura. Vou pensar no assunto. E certamente o resultado ainda virá sob a forma de um impulso. Não sou madura bastante ainda. Ou nunca serei.” (Clarice Lispector)

4 comentários:

  1. Oi, Gata!!! SIM, SIM, SIM!!! Eu ADORO a "Clarice"!!! Falo assim, porque, de coração, me sinto íntima dela de tal forma que, embora eu não tenha a mesma habilidade com as palavras, parece até que fui eu quem escreveu... Me identifico muito com TUDO que ela escreve, de uma forma até surreal... Sob medida!!! Acho que é porque durante muito tempo eu achava que me entendia, que eu era uma pessoa com "fórmula" certa e, o que é pior, inalterável... e descobri, com as lições da vida que é muito melhor ser uma "metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo"... Estou tentando me encontrar, mas sinceramente, acho que o mais legal da vida mesmo é a procura!!! Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. Ah!!! Obrigada pelo lindo comentário no meu blog!!! Fico muito honrada pelas tuas visitas... Com certeza também sinto que temos mesmo "almas inquietas"!!! Graças a Deus!!!!

    ResponderExcluir
  3. Vou copiar o primeiro texto? Posso??? Ele é PERFECT!!! BJS

    ResponderExcluir