Devaneios tolos... a me torturar.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Vencendo pela gentileza...


Oi geeeeeente!!!
Os novos ricos da cidade que me desculpem. Mas dinheiro não compra educação.

Como é triste observarmos o tamanho da barriga de alguns novos ricos, que de posse de dinheiro e grandes negócios, esquecem da mais rica prática do dia-a-dia: a humildade. Engoliram o rei, e estão com ele na pança.

Verdadeiros pinheirinhos de Natal desfilam por aí cheios de grife e zero de bom gosto, entram em suas salas pomposas, só tem tempo para uma nova intervenção estética, e na prática, estão cada dia mais feios: por dentro e por fora.

Mas pior que os novos ricos sem educação, são os pobres que se auto-promoveram superiores. Geralmente vem na cauda do cometa maior, o novo rico, ou assumiram cargos importantes em alguma empresa ou instituição, e como não sabem lidar com o poder, dão shows públicos de arrogância, mau humor e falta de respeito ao próximo.

Eu fico olhando às vezes a humilhação que algumas pessoas sofrem nas mãos destes “chefes”, e penso comigo mesma: pobres novos ricos. Pobres novos chefes. Pobres de espírito.

Há tempos que me muni de um escudo contra todo o tipo de gente de mal com a vida, de aura ruim: o bom humor, a educação, o sorriso.

Já treinei uma expressão infalível: “a cara de paisagem”. Sorrio e olho profundamente nos olhos da pessoa mal educada. Toda pessoa estúpida fica desarmada diante de um sorriso.

Ela está aí, amaldiçoando o universo, pisando em todo mundo, chutando cachorro na rua, e você simplesmente a desarma com um sorriso e um “olho no olho”.

Acredito na vitória da gentileza. Este tipo de atitude, se momentaneamente não surtir efeito, com o tempo, em sua vida, proporcionará grandes mudanças.

“ De maneira sutil, você pode sacudir o mundo.”

Pessoas que buscam afirmar seu poder humilhando, não conseguem encarar os outros nos olhos. Porque os olhos mostram a alma, e a alma dessas pessoas é tão inferior à sua...

Se você sustentar o olhar, mostrar os 32 dentes da boca (31 no meu caso, já que não tenho um canino hahaha) e aplicar um “bom dia”, um “muito obrigado”, um “por favor, me desculpe”, você mostra o quanto superior VOCÊ é.

Então, você estará plantando sementes de gentileza por onde andar. Irá afastar de seu lado pessoas pessimistas, pequenas, sem educação, negativas e autoritárias.

O verdadeiro líder pode aplicar em você o mais duro sermão. A mais dura repreensão. Mas você saberá, que o objetivo é vê-lo crescer. E não diminuí-lo. O chefe que grita e humilha, não nasceu para a liderança.

Dinheiro não compra educação. Poder não compra admiração. Status não compra respeito. O maior chefe é o que lidera, não o que ordena. E nem toda a riqueza do mundo vale uma pessoa que pratica a humildade.

Mas mudando de assunto...

Estávamos outro dia fofocando sobre belíssimas mulheres que se tornam prostitutas de luxo. “Se vendem” à diretores de novela, à altos empresários, à artistas, para conseguir um lugar ao sol no mundo desejado da fama. A base da venda do corpo por dinheiro é a mesma da mais pobre prostituta da Avenida Farrapos, em Porto Alegre. Só que com mais “glamour”.
E depois de algum tempo, essas “modelos”, se tornam “celebridades”, e então... ninguém mais as atura.
Então... duas personalidades bem conhecidas aqui do meio político e empresarial, me perguntaram: - Você acha que toda a mulher tem um preço? E ampliando: - Você acha que todo homem tem um preço?
Quem, em uma situação de dificuldade não se “venderia”? Tem muita menina bonita que se vende por 10 reais, 50 reais na cidade. Essas são as “prostitutas”. Mas tem mais formas de prostituição. Tem muito homem que também se vende. E muita gente que se vende com classe, sustentando relações sem amor, alicerçadas no dinheiro. Mas e você, sinceramente, tem um preço?

Talvez, se pensar a fundo... você também esteja à venda... de alguma forma.

Mural de recados:

Meus lindos, a coluna de hoje foi escrita com base em alguém que conheço e que sofreu uma situação muito difícil, diante de um chefe sem educação. Guaporé, tem, em sua grande maioria, pessoas que conquistaram o sucesso por serem líderes e empreendedores. Merecedores.

2 comentários:

  1. Muito bom, Michele. Para essa pessoa, sugiro o site www.assediomoral.org/. Abç.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Amada!!! Tudo bom contigo???
    Muito bacana teu post: tem coisas que o $$$ não compra, educação e elegância são bons exemplos... E pessoas de "berço" não são necessariamente aquelas nascidas com sobrenome imponente... Ás vezes é até pior: quanto mais grana o (a) sujeito (a) tem, menos educado(a) e elegante ele(a) é...
    Coisas da vida, hehehe!!!
    Tem uma música do Armandinho (Semente) que fala lindamente sobre isso:

    "Se conseguir, aquilo que você quer
    e conseguir manter a nobreza de ser quem tu é
    tenha certeza que vai nascer uma planta
    que a flor vai ser de esperança de amor pro
    que der e vier."
    Beijos, da tua fã...

    ResponderExcluir