Devaneios tolos... a me torturar.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Hoje o tempo voa, amor...



Oi geeente!

Esse ano passou mais rápido que a semana!
Será que o tempo está passando mais depressa, ou sou eu, que ando em um ritmo acelerado demais?

Não sei se acontece o mesmo com vocês, mas tenho a terrível sensação de que a vida está passando na velocidade da luz. Tenho a mania de fotografar tudo, e depois voltar àqueles bons momentos, porque em tempo real, a gente pisca, e eles acabam.

As viagens, as festas, os encontros... tudo o que esperamos com ansiedade e emoção, voa tão rápido, que parece que nem aconteceu.

Mais um ano inteiro passou e eu estou aqui digitando a coluna. As férias estão chegando, e assim como vão chegar depressa, vão passar também.

Nem consegui me organizar e realizar aquelas velhas promessas de ano novo. Não guardei dinheiro, não larguei da coca-cola, não comecei a frequentar uma academia, não perdi dois quilos, não tive um filho, não escrevi um livro e não plantei uma árvore.

Eu não fiquei rica. Sequer fiz um plano de saúde (vergonha nacional).

Eu nem sei porque planejo tanto a vida, se todos os bons momentos sequer foram planejados.

Vou adotar a doutrina Zeca Pagodiana e deixar a vida me levar, mas, sinceramente, acho que ela está me levando rápido demais.

Meu rosto no espelho não é mais o mesmo dos 18 anos. A pele muda, a gente muda. Mas a cabeça não. Que porcaria! Fomos programados para não envelhecer, dentro de nós.

E dizem que o ser humano é a máquina mais perfeita que existe. Uma ova! O corpo da gente vai mudando, mas a forma de ver a vida não. Somos crianças, com os mesmos medos e os mesmos sonhos, entra ano, sai ano. Só que num corpinho beeem usado, plastificado e botoxado.
Parei outro dia em frente à praça e fiquei olhando um bando de aves em revoada.

E pensei:
Que bom seria ser passarinho. Acordar de manhã e ter como única preocupação em mente, a dúvida:
- Para onde voarei, livre, hoje?

Amigos... todos estamos mais reflexivos ao encerrar 2010. E a única coisa que deixo como mensagem é: “Se o tempo passa depressa, devemos nos esforçar para viver com intensidade e felicidade.”



Porque, como disse Clarice Lispector...

“Um belo dia... se morre.”

Declaração de amor: quero dizer, neste momento derradeiro do ano de 2010, que amo escrever neste espaço. E principalmente, quando escrevo coisas azedas, faço com a intenção de que as pessoas saiam da inércia e façam alguma coisa. Deixem os discursos de lado, e partam para a prática. Falei de muitas coisas, e de muitas pessoas. Se alguém acha que falei mais mal dos outros do que de mim, se engana.

Quem me lê, me conhece. E sabe que me autodetonei o ano todo, para ter moral para criticar o que julgamos ser equivocado em Guaporé. E geralmente, as críticas, sempre com intuito construtivo (e algum deboche), foram feitas por leitores, que não são cegos nem surdos, para seus problemas pessoais e para os problemas coletivos de Guaporé. Continuem meus amigos em 2011. Continuem escrevendo, com sugestões e pautas. Este espaço foi feito para mostrar que ninguém é perfeito... nem eu. (por incrível que pareça! Hahaha)

"Hoje o tempo voa, amor.
Escorre pelas mãos.
Mesmo sem se sentir..."
* Lulu Santos

4 comentários:

  1. Dae, Mi.

    Te digo o seguinte: o tempo só voa quando a gente está preocupado(a) ou guardando insatisfações.

    Te liberta de julgamentos e te desprende do tempo. Aceita o que vier, sem rotular se é bom ou ruim. Viva sempre o presente, sem julgar se passa rápido ou devagar. Afinal, só existimos sempre no presente mesmo.

    Tá, é bem difícil botar em palavras uma sensação, não é? Mas passei aqui só pra comentar que existe uma forma de adorar a passagem do tempo e ver que o corpo muda, sim. E notar que a mente muda bem mais. Entender que algumas pessoas vão e vem e outras vem e vão, também. Aceitar que você existe tanto na forma criança como na idosa.

    Ok, ok. Antes era "Feliz 2010"? E agora, "Feliz 2011"? Pois acho que meu "Feliz 2008" ainda é tão presente quanto o meu "Feliz 2009".

    Assim como o "Feliz Natal" de 2004 ou o "Parabéns" de 2003. =]

    E no mais: "A graça de viver está nas surpresas e seguir fórmulas retira o encanto."

    Deixo aqui o meu "Feliz PRESENTE" pra morena.

    Beijoca!

    ResponderExcluir
  2. Ai que amado tu é Felipe, obrigado! :D

    ResponderExcluir
  3. Amada, bom dia!!!! É 2010 está partindo, e por incrivel que pareça está levando consigo os maus momentos e deixando no ar o perfume e as delicias vividas neste mesmo ano que para mim foi uma caixinha de Supresas e qtas viu, muitas. esses momentos deliciosos ficarão sempre comigo em lembranças constntes, para que em 2011 renovem em mim a força, o amor, a amizade e a Esperança de ser anda mais feliz de concretizar o projetos e sonhos que eu planejo, planejo mas infelizmente muitos deles vao ficando para traz.

    a vida é tão bonita e deve ser vivida com muita intensidade, amor, sabedoria e felicidade. Planejar a vida antecipadamente não leva a lugar nenhum muitas vezes as coisas vão acontecendo e como todo ano os planos antecipados, dão lugar ao presente, ao hoje, ao agora ao instante que está sendo vivido. então do que se adiantaRAm tantos planos???

    Bom eu quero te desejar um Natal Maravilhoso que o bom Velhinho Noel seja muito generoso com vc, um 2011 ainda mais maravilhoso que 2010, com muita energia, amor, emoção e adrenalina.

    Quero dizer que me orgulho muito em ser Amiga da Micheli Lunardi, um amor de pessoa, uma grande jornalista, escritora e crítica, mesmo que apenas virtualmente, que espero conhecê-la pessoalmente um dia. E que se for planejar algo para 2011., apenas planeje a força de vontade de viver com muito amor e alegria que o restante vem num conjunto.

    Vivamos sempre muito intensamente.

    bjão dessa pessoa que te adora e admira muito.

    ResponderExcluir
  4. A honra é toda minha de ter a oportunidade de conhecer pessoas especiais como tu Beta! Desejo que em 2011 possamos tormar um café juntas!

    ResponderExcluir