Devaneios tolos... a me torturar.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

No Ano Novo, um espelho para cada um de nós!

Oi geeente!
Enquanto as pessoas fazem pedidos e resoluções de final de ano, eu só gostaria que cada um comprasse um espelho. Você se enxerga?

Às vezes você não se pega pensando: Será que essa pessoa não percebe que o problema é ela e não os outros?


Tem aqueles que reclamam do excesso de trabalho. Não conseguem dar conta de nada. Acumulam papeis sobre a mesa, atrapalham o andamento da equipe, e ainda acham que estão trabalhando por si e pelos demais. De cara, você vê que o que falta, é organização.

Tem aqueles que pedem para conhecer uma pessoa legal, pois já sofreram demais no amor. E, invariavelmente, procuram o mesmo perfil de homem ou mulher, que os fez sofrer. Querem provar a si e ao mundo que vão transformar o solteiro convicto no melhor pai de família do universo. E obviamente, em 99% dos casos, falham em sua missão. Quando você começa algo com alguém, já com a intenção de modificar essa pessoa, quem está precisando de mudança, é você!

E aqueles que afastam todo mundo? “Em 2012, quero amigos verdadeiros”. Hã? Amigos verdadeiros seriam aqueles que precisam suportar todas as suas variações de humor, principalmente seu mau humor e seus ataques? Sua falta de disponibilidade e sua mania de só falar de você o tempo todo? E quando você se transformará em um amigo verdadeiro?

E o chefe, que só reclama da equipe? Os funcionários, além de desenvolverem úlcera, duram apenas seis meses na empresa. E a culpa é de quem? Cobranças que extrapolam, diminuir a capacidade do outro, cobrar resultados sobre os pontos fracos de alguém, ao invés de valorizar os pontos fortes, são coisas bem comuns em chefes que sabem mandar, mas não sabem liderar. O bom líder é o exemplo a ser seguido. Não é uma questão de ser bom, ou mau. É uma questão de ser justo. Quem se sente injustiçado, sobrecarregado, fatalmente, será mais um funcionário de baixo rendimento, e o primeiro a pular do barco. As pessoas não irão trabalhar com amor para ver um chefe ou uma empresa crescer. Irão trabalhar para crescer junto. Este é o segredo.

E o que dizer da esposa que desconta as frustrações no parceiro? “Sofrenildo, seu inútil! Você sabia que o marido da vizinha comprou um carro novo? E o marido da minha prima que deu de presente pra ela a cozinha nova! E você, seu fracassado, você não sai do lugar, não tem ambição!” Você já ouviu esse tipo de discurso? Pois é. São palavras de alguém frustrado. Não conseguiu alcançar seus objetivos profissionais ou pessoais e transfere para o outro, a obrigação de realizar os seus sonhos. Na verdade, ninguém é responsável por realizar nossos projetos, a não ser nós mesmos. Construir juntos é uma coisa. Esperar que alguém construa por você, é outra, bem diferente.

E o político? Outro dia ouvi um falando: “Fulando da rádio tal que se cuide. Se continuar entrevistando a oposição, vai se dar muito mal”. Ué? Se o problema dele é com a oposição, porque armar sua vingança contra a emissora de rádio? Será que ele não sabe se defender em frente aos microfones? Será que não sabe respeitar quem pensa diferente dele? Não tem argumentos que invalidem as acusações do outro? Porque, achando-se injustiçado, irá, em nome da justiça, armar uma cama de gato para alguém? Quem tem razão nesta história?

Nós somos assim. Todos já acusamos o outro de ser o problema, quando na verdade, o problema éramos nós. É mais fácil jogar a culpa no vizinho e não nos analisarmos. Geralmente não fazemos o que é certo. Fazemos o que é mais confortável. O que nos convém.

Existem, ao meu ver, três tipos de pessoas:


As que realmente não se enxergam. E sofrem de verdade por se acharem certas em um mundo onde todos são errados.

As que se enxergam, sabem exatamente quem são, e continuam fingindo que não veem.

E as que se enxergam, e com persistência e paciência, tentam se corrigir. Estas, sim, fazem a diferença.

Portanto, um espelho para cada um de nós. É disso que precisamos para começarmos 2012. Só assim, transformaremos o mundo, a partir de nós mesmos.

Um beijo meus amores, Feliz Ano Novo!

5 comentários:

  1. Seria utopia querer que todas as pessoas enxergassem seus defeitos. Ingenuidade pensar que todos possam se corrigir.
    Mas se a gente identificar pelo menos alguns, e tentar melhorar, a humanidade seria outra.
    A evoluçao depende de deixarmos orgulhos, egocentrismo e dedo apontado em riste para tras.
    Um dia quem sabe? E deixa de ser chata e pentelha, que já é uma grande coisa!
    E perfeccionista tu é mais contigo mesma, e isso é ruim!
    Feliz Ano Novo.
    Rô.

    ResponderExcluir
  2. Bléeee, chata. Eu disse pra cada um olhar os seus defeitos e nao apontar os meus! hahahahaha
    Beijo, feliz 2012, e sim, preciso deixar de ser tão mala! hahahahahaha

    ResponderExcluir
  3. Quanta verdade em suas palavras, bastante agradável de ler ;)

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pelo incentivo! Feliz 2012!

    ResponderExcluir
  5. Desejo que você:
    Não tenha medo da vida, tenha medo de não vivê-la.Não há céu sem tempestades, nem caminhos sem acidentes.
    Só é digno do pódio quem usa as derrotas para alcançá-lo.Só é digno da sabedoria quem usa as lágrimas para irrigá-la.
    Os frágeis usam a força; os fortes, a inteligência.
    Seja um sonhador, mas una seus sonhos com disciplina,pois sonhos sem disciplina produzem pessoas frustradas.
    Seja um debatedor de idéias. Lute pelo que você ama. (Augusto Cury)

    Feliz Ano Novo, e que 2012 venha cheio de novidades, surpresas e bençãos de Deus!

    bjão,

    Ana

    ResponderExcluir