Devaneios tolos... a me torturar.

domingo, 11 de dezembro de 2011

Tempo da mudança

Um belo dia percebemos o quanto estamos diferentes. Muito tempo passou, e atribuímos a ele as principais mudanças. Mas não é o tempo que nos transforma. São as pessoas. Elas nos endurecem. Primeiro, elas entram em nossa vida e nos deixam frágeis. E a partir daí, encontramos nossa força. Não haveria força, sem antes ter havido fragilidade.

Um comentário: