Devaneios tolos... a me torturar.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Saber ganhar. Saber perder.



Oi geeente!
Saber ganhar e saber perder são duas grandes qualidades que só existem nas pessoas de sucesso.
Quem não sabe perder, agarra-se nas crinas da frustração, e montado no cavalo da vingança, aponta culpados, não perdoa os soldados caídos nos campos de batalha, e, o pior, engole aos poucos o veneno do rancor, que a todos contamina.
Os que não sabem vencer, são vencidos pela soberba. E pisando em suas próprias barbas, tropeçam em seus desmandos, achando-se donos do mundo. Humilham adversários derrotados, perseguem aqueles que pensam diferente, e não raro, despencam do andar mais alto do céu (que juram, lhes pertencer).
As pessoas de sucesso, (e não digo dinheiro, digo sucesso), são aquelas que aprendem com as quedas, fazem com que os tropeços os tornem mais cuidadosos no caminho, e praticam o exercício da humildade a cada vitória. Elas sabem que quando obtem uma conquista, precisam aprender, antes de mais nada, a lidar com ela.
Uma pessoa de sucesso sabe que por mais que tenha admiradores, por mais que tenha êxito em praticamente tudo o que faz, no fundo, bem no fundinho, assim como todos os meros mortais, precisa apenas ter a sensibilidade de continuar aprendendo, evoluindo.
Falo sobre isso, porque vivemos em uma sociedade que não sabe perder, tampouco sabe ganhar.
Em todos os segmentos de nossas vidas, vivemos em disputa: precisamos saber perder no amor, ou nos tornaremos os anjos da vingança, alados, mas mal amados. Se ganharmos no amor, precisamos saber que o outro não é um troféu para colocarmos em nossa estante. Amar é cuidar, conquistar diariamente, compreender e principalmente, completar o outro.
No trabalho, se não soubermos ganhar, nos tornaremos chefes intolerantes, e se não soubermos perder, colegas potencialmente perigosos, a puxar tapetes alheios, como cobras disfarçadas de gente, rastejando no ambiente profissional.
Na política, se soubermos ganhar, nos tornaremos líderes justos e amados. Se não soubermos, nos tornaremos apenas ditadores que comandam mentes já doutrinadas a simplesmente não pensar. Se não soubermos perder, seremos oposições burras, que nada somam para o desenvolvimento coletivo.
Cada um de nós, em todas as fases da vida, colecionamos perdas e ganhos. Perdas que nos dilaceram. Ganhos que fazem sarar as feridas e pulsar aos pulos o coração.
Somos a soma de erros e acertos, humanos, imperfeitos e mortais.
Cuidado, porque a vida é dura, e há quem se deixe endurecer por ela. Rezo, para que isso não ocorra com você.
Que na derrota você sutilmente saiba virar a página, anotando na folha que vem na sequência, os erros que cometeu, para não repeti-los.
Que na vitória, você também saiba sutilmente virar a página, anotando na folha que vem na sequência os  acertos que o fizeram chegar ao sucesso, buscando então, mais um desafio a ser vencido.
Evolua. Aprenda. Mas jamais deixe de lado a doçura, a amizade, o perdão, e o amor. 

E para refletirmos, deixo minhas frases preferidas de Nietzsche: “Quem luta com monstros deve velar para que, ao fazê-lo, não se transforme também em monstro. E se tu olhares, durante muito tempo, para um abismo, o abismo também olha para dentro de ti”.
Friedrich Nietzsche



Beijos, seus lindos!

2 comentários:

  1. Olá!

    Sabe que li sua postagem durante a semana no trabalho, e não pude comentar, mas me chamou muito a atenção a frase de Nit(Somos íntimos, rs!). "Quem luta com monstros de velar para não se transformar tb em um monstro"...

    Pois, digo que o mundo profissional é rodeado de monstros e para mantermos os nossos valores diante disso, é muito dificil!

    Talvez, esse seja o "x" que as pessoas de sucesso tenham; saberlidar com todos!

    ResponderExcluir
  2. e saber lidar consigo mesmo! DIFÍCIL! Mas vamos tentando fazer o melhor! Beijo!

    ResponderExcluir