Devaneios tolos... a me torturar.

sábado, 20 de junho de 2009

Bela Inteligência


Beleza encanta e até conquista, mas não garante ter a quem se ama.
Beleza atrai gentilezas, elogios e cantadas, mas também inveja e algumas pedradas.
Beleza não deixa de ser uma benção, um presente da natureza, porém, se mal usada, traz arrependimento e tristezas.
Beleza não é privilegio das burras e ignorantes. Pelo contrário! As inteligentes é que, mesmo que exuberantes, fazem da sua beleza quase irrelevante.
Beleza faz bem aos olhos, ao toque, ao cheiro e se conseguirmos, diante dela escutarmos um órgão saltitante no peito descobriremos que ela também faz bem à audição.
Beleza é desejada, e não tiro a razão de quem a deseja. Beleza é exposta com orgulho e concordo totalmente com a alegria de quem a tem. Mas inteligência e sabedoria não deixam de ter vital importância. Pois, como diria o sábio Oscar Wilde, beleza significa simplesmente beleza e qualquer tentativa de associação a isto, significa simplesmente ignorância.

2 comentários: