Devaneios tolos... a me torturar.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Quem você odeia?


Hoje vou ter que admitir que nem sempre sou uma pessoa boazinha e querida... às vezes sou tomada por sentimentos mesquinhos e pequenos...


Todo dia eu abria os olhos e pensava em todas as maldades possíveis para aquela estrupícia que um belo dia resolveu cruzar meu caminho.
Imaginava ela com um furúnculo infeccionado e purulento na bunda. Imaginava ela perdendo todos os dentes da boca e tendo que usar chapa.
Imaginava ela operando as hemorróidas sem anestesia.

Imaginava ela batendo o carro em uma Ferrari. Ela sendo a culpada e não tendo seguro.
Imaginava eu com um bonequinho vudu enfiando agulhinhas nos olhos dela. Imaginava ela tirando a roupa toda cheia de celulite naquela bunda mole e descobrindo que tinha cancro, sífilis e gonorréia (é possível tudo isso junto???)

Bom a verdade é que eu odiava ela. Desejava o mal dela. E todo o dia quando a via passar por aí, como se nada estivesse acontecendo, com aquela cara de sonsa, eu pensava: -Droga! Meus desejos não se realizam. Droga, Deus está contra mim. Droga! Eu uma pessoa tão boa, inteligente, interessante, culta, etc, etc, etc... estou aqui, morrendo de ódio, enquanto ela não está NEM AÍ!!!!

Sim queridos e queridas. Quem você odeia, não está nem aí! Está até se divertindo, afinal, é o centro das suas atenções. Fica aí ocupando sua mente, prejudicando você!

A raiva, o ódio, o desejo de vingança são comparados a um pequeno câncer. Se você o alimentar... ele vai se espalhando. Vai se infiltrando em todos os seus órgãos. Vai deixando você doente. Vai matando você.

Odiar alguém é o pior sentimento que pode existir, para o outro, mas principalmente para você mesmo.

Um belo dia, depois de conquistar um novo emprego, receber uma declaração de amor, planejar uma viagem fantástica... percebi que não odiava mais ela.
Aliás... percebi que nem lembrava mais da existência dela. Para mim, se ela estivesse fazendo um tratamento de canal ou curtindo férias nas Bahamas... NÃO FAZIA DIFERENÇA NENHUMA!

E aí, percebi que não odiava ela porque ela era feliz. Odiava, porque EU ESTAVA INFELIZ!

Essa é a razão para cultivarmos ódios e rancores. Infelicidade, despeito, inveja.
Que sentimentos mesquinhos. Que sentimentos que não nos levam a lugar nenhum.
Quando você descobrir qual o caminho para a SUA felicidade, e perceber que ele independe dos OUTROS, mas depende de suas ESCOLHAS e ATITUDES, vai se libertar do ódio e vai ver como a vida é muito, muito mais leve sem ele!

Falo isso porque estou preocupada com a inveja, com o ódio e com a violência.

Guaporé deixou há muito tempo de ser aquela cidadezinha maravilhosa. Deixou de ser possível sairmos sem fechar portas e janelas.

Outro dia, encontrei o portão aberto atrás do meu apartamento. O portão dá para o pátio da casa dos meus pais. Naquela noite, alguém entrou pelo meu portão e roubou o CD do carro do meu irmão.

Esse portão dá acesso ao terreno bem do lado de um prédio em construção na cidade. E nesse prédio, fico sabendo que outro dia, um dos trabalhadores da obra foi morto a pauladas e facadas.

Não parece real.

Sei que a Campanha da Fraternidade deste ano fala sobre injustiças que geram violência. Aí pensei: toda a vez que você se sente injustiçado, você alimenta sentimentos de vingança, ódio ou revanche.

As pessoas normais, como nós, ficam apenas nos planos macabros que descrevi no primeiro parágrafo. Mas muita gente, cada vez mais gente, parte para a violência.

E a violência está se espalhando cada vez mais. Entrando em nossas casas. Invadindo nossas cidades e pior, se instalando em nós.

Por isso, repito: o ódio (qualquer forma de ódio), não pode nos levar por nenhum caminho que seja bom.

Guaporé está afundando em drogas. Olhe ao redor, duvido que você não tenha um amigo ou conhecido que não “cheire cocaína para curtir”. Curtir o que?

O que está faltando para sermos felizes? O que nos falta para sermos satisfeitos? O que nos leva a buscarmos caminhos que não nos levam a lugar algum?

Jovens roubam e invadem as residências em busca de qualquer coisa que possam trocar pelo crack. A polícia prende um e já outros dez estão vendendo e distribuindo porcarias por aí.

A diversão de muitos adolescentes é invadir as escolas e quebrar tudo. Fazendo xixi e outras porcarias nos computadores das escolas... por “diversão”.

Quem trabalha com a notícia e acompanha de perto fatos como esses que eu citei, realmente se preocupa.

Não sei que caminhos estamos tomando. Mas espero, sinceramente, que não seja um caminho sem volta.

De qualquer forma, sou totalmente favorável à frase que diz: “Você deve ser a mudança que deseja ver no mundo.”

Se não começarmos por nós mesmos, essa mudança jamais será possível.

E era isso.

Para ler... gente, estou lendo “O Silêncio dos Amantes”, de Lya Luft. São passagens abordando assuntos difíceis da vida de cada um de nós. Amor, perdas, morte, aborto, deficiências físicas, suicídio e muitos outros assuntos que são tabus, tocados de forma tão sensível e verdadeira que realmente é algo perturbador.

Também li: Harry Potter e a Câmara Secreta. Adoro esse bruxinho!!! É uma leitura para todas as idades. A escritora não perde a mão e os livros são todos ótimos!

Mas mudando de assunto...

À pedidos: As viuvinhas alegres de Guaporé...
Os fofoqueiros de plantão da cidade não poupam ninguém! O alvo de fofocas agora são viúvos e viúvas. Ou eles se mascaram e saem à meia noite aprontando todas ou então... são vítimas das más línguas dos mal amados! O Pop não poupa ninguém aqui na terrinha! Será que os viúvos e viúvas tem tanta disposição assim?
Ora bolas... vamos esquecer um pouquinho a vida dos outros?

6 comentários:

  1. Nossa perfeito isso. É bem assim mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Oi Michele!!
    tenho acompanhado seu blog..simplesmente adorooo...parabéns você escreve muito bem...mas sobre o texto...nossa quando li me vi imaginando exatamente as mesmas coisas...e concordo plenamente com você..o que incomoda não é ela estar feliz é vc estar infeliz e quando se percebe isso...tudo perde a razão de ser e o ódio se disolve...parabéns mais uma vez!!

    ResponderExcluir
  3. ai que bom!!! fico tão feliz! obrigado!

    ResponderExcluir
  4. Quem odeio eu não posso dizer. Uma certeza que eu tenho e assino embaixo sem medo de represálias é que a-do-ro você e o "Devaneios tolos...". Moça bonita!

    E a vida continua!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Miche! A-D-O-R-E-I!!!! Inclusive, sem permissão já coloquei uma frase tua no meu orkut... Li uma vez que: "não há cosmético melhor do que a felicidade."(Não lembro do autor(a)). Pura verdade...
    "Guardar ressentimento é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra."(Shakespeare)
    Beijos

    ResponderExcluir