Devaneios tolos... a me torturar.

sábado, 17 de abril de 2010

Sucesso!


Oi geeeeeente!!!!

Tudo? Visitaram a Serra Grife?

Acredito ser uma obrigação de todos nós prestigiarmos as coisas boas promovidas em nossa cidade. Inspirados em eventos de sucesso, outras pessoas se motivam a promover coisas diferentes, e todos nós ganhamos com opções culturais, de lazer e entretenimento. Não basta exigir eventos. É preciso prestigiar.

Mas falando em sucesso... uma leitora deste espaço me escreveu comentando o texto publicado na coluna do Eduardo sobre vencedores (na semana passada).

Ela me contou que da noite para o dia, a amiga de infância deu tão certo na vida, que enquanto ela ainda planejava férias em Capão da Canoa (Atlântida, que é mais chique né amiga), a outra ia fazer um cruzeiro pelas ilhas gregas.
Isso é muito interessante em Guaporé. Porque em pouquíssimo espaço de tempo muita gente ganhou muito dinheiro com o “boom” das empresas de joias e lingerie. Mas nem todo mundo pode ficar rico ao “mesmotempoagora”.

Sucesso financeiro, grandes empreendimentos, glamour e glória não são distribuídos a todos os meros mortais. Há muita gente boa, competente, qualificada, que passa a vida inteira trabalhando pra caramba, estudando muito e o final do mês é apertado. Acontece isso com a grande maioria das pessoas.

Porque o sucesso financeiro está ligado também à oportunidade e sorte, além da competência, claro. Se a oportunidade certa não aparecer, talvez o grande pulo do gato não aconteça. Se você não tiver um pouquinho de estrela, a estrela da sorte, talvez você não tope por acaso com aquele grande negócio batendo à sua porta.

Isso não quer dizer que você não seja uma pessoa de sucesso. Inteligência, intelectualidade, competência, felicidade não estão estreitamente ligados a grandes carreiras, grandes contas bancárias e grandes conquistas.

Nem todos podem ser o melhor jogador do mundo. O empresário do ano. A Fátima Bernardes. O Eike Batista. O Barak Obama. A Angelina Jolie (se bem que com essa eu pareço muito haha).

Mas podemos sim, ter sucesso em nossas vidas, sabendo fazer do limão a limonada e alcançando satisfação pessoal e felicidade.

Há uma frase que diz que as coisas mais caras da vida, não podem ser compradas. Conheço pessoas que trabalharam feito camelos, sem muito estudo, venceram uma série de dificuldades e construíram impérios. Então, mandaram os filhos para as melhores escolas e universidades, treinaram-nos para receber e administrar seus negócios de sucesso, e os mesmos colocaram tudo a perder. Os herdeiros do império sentiam-se extremamente insatisfeitos e infelizes. Dinheiro nem sempre traz felicidade. (Mesmo que compre um pouquinho...)
Nem todos podem se tornar grandes empresários da cidade, como Cracco, César Presotto, Eliane Magnan... etc, etc, etc...

Mas você pode ser o maior empresário do seu mundo, administrando a grande empresa que é sua vida.

Seja feliz, isso é sucesso. E é o sucesso mais invejado e buscado do mundo! Pare de olhar para o vizinho achando sempre que você é injustiçado. Concentre seu foco em você mesmo e as coisas começarão a acontecer!


Para ver:

“Sempre ao seu lado” chegou às locadoras, com Richard Gere, mas a estrela é Hachiko. O filme, que conta a história baseada em fatos reais de um homem e seu fiel amigo, um cão da raça Akita, toca profundamente o coração de gente, e ensina uma lição de lealdade que dificilmente encontramos nas pessoas. É uma história maravilhosa, e todos deveriam sentar no sofá, pegar a pipoca, o lencinho e assistir.


Para ler: A Débora me emprestou “ O mundo pós aniversário”. Quantas vezes nós nos encontramos em uma encruzilhada: seguir o coração e enveredar por caminhos completamente novos e desconhecidos, ou seguir “sentado na poltrona no dia de domingo”. Toda ação implica em uma reação. O livro conta duas histórias paralelas: uma mulher que largou uma união estável por uma grande paixão. E a mesma mulher que deixou passar a grande paixão pelo amor estável. Os lucros e prejuízos dessas duas opções são surpreendentes. E a grande lição: no final, bem no final de sua vida, a morte vai vir nos buscar na solidão. Ninguém vai poder nos acompanhar na grande viagem. Então é bom que a vida tenha valido a pena. Leiam!!!

3 comentários:

  1. Uma das maiores declarações de amor ao capitalismo que já li. Quem sabe a Escola de Chigago não te contrata? rsrsrs.

    ResponderExcluir
  2. eles pagam bem??? haha

    ResponderExcluir
  3. Tu leu "O sucesso é ser feliz", é uma boa pra quando a gente tá se sentido o mais azarado e coitado dos seres do universo. Mas vamos combinar q às vezes chove mais na horta dos outros que na nossa né!
    bj linda!

    ResponderExcluir