Devaneios tolos... a me torturar.

segunda-feira, 23 de março de 2009


Seus instantes nos meus instantes são um salto ao infinito. Mas a vida real... é nosso para-quedas. Precisamos nos proteger.


Garotas Interrompidas...
"As cicatrizes não têm personalidade. Não são como a pele da gente: não mostram a idade ou alguma doença, a palidez ou o bronzeado. Não tem poros nem pelos, nem rugas. São uma espécie de fronha, que protege e esconde o que houver por baixo. Por isso as criamos. Porque temos algo a esconder. "


- E do que é que você mais gosta nele?Daisy fechou os olhos e fez uma pausa, saboreando a parte de que gostava mais.- Da placa.- Que placa?- A placa onde está escrito, "Se você morasse aqui, já estaria em casa." - Daisy brandiu o punho, empolgada. - Entendeu? Todo dia as pessoas vão passar por ali e ler a placa, e aí vão pensar "É mesmo, se eu morasse aqui, já estaria em casa".


Paulo Coelho...
"Eu podia. Jamais chegaremos a compreender o significado desta frase. Porque em todos os momentos de nossa vida existem coisas que podiam ter acontecido, e terminaram não acontecendo.""Amar é como um droga. No começo vem a sensação de euforia, de total entrega. Depois, no dia seguinte, você quer mais. Ainda não se viciou, mas gostou da sensação, e acha que pode mantê-la sob controle. Pensa na pessoa amada durante dois minutos e esquece por três horas. Mas aos poucos, você se acostuma com aquela pessoa, e passa a depender completamente dela. Então pensa por três horas, e esquece por dois minutos. Se ela não está perto, você experimenta as mesmas sensações que os viciados têm quando não conseguem a droga. Neste momento, assim como os viciados roubam e se humilham para conseguir o que precisam, você está disposto a fazer qualquer coisa pelo amor."


Verônika decide morrer...
"Por isso, para os amargos, os heróis e os loucos, eram sempre fascinantes: eles não tinham medo de viver ou morrer. Tanto os heróis como os loucos eram indiferentes diante do perigo, e seguiam adiante apesar de todos dizerem para não fazerem aquilo. O louco se suicidava, o herói se oferecia ao martírio em nome de uma causa - mas ambos morriam, e os amargos, passavam muitas noites e dias comentando o absurdo e a glória dos dois tipos."


"Tudo é vivido pela primeira vez e sem preparação. Como se um ator entrasse em cena sem nunca ter ensaiado. Mas o que pode valer a vida, se o primeiro ensaio da vida já é a própria vida? É isso que faz com que a vida pareça sempre um esboço. No entanto, mesmo "esboço" não é a palavra certa porque um esboço é sempre um projeto de alguma coisa, a preparação de um quadro, ao passo que o esboço que é a nossa vida não é o esboço de nada, é um esboço sem quadro. Tomas repete para si mesmo o provérbio alemão: einmal ist keinmal, uma vez não conta, uma vez é nunca. Poder viver senão uma vida é como não viver nunca.""O tempo do homem não gira em círculos, mas avança em linha reta. Por isso o homem não pode ser feliz, pois a felicidade é o desejo da repetição."

3 comentários: